Zine Cultural - 11 Anos

Publicidade

MANSÃO
Alameda

26 Abr 2014

Assíste aí #16

Publicado em ZiNews as 14h00





O primeiro vídeo vai para os fãs de adrenalina. Uma versão fantástica do paintball....

Esse é para os apaixonados por colecionar momentos: um pai filma a filha todos os dias durante 14 anos. Confira o resultado:

O próximo vídeo é uma incrível performace de uma banda feita por uma única garota, interpretando a música The Way Make Me Feel, do rei do pop, Michael Jackson. Obs: reparem nos cachorros no colo da moça, que já devem estar tão acostumados com a cantoria que nem se mexem.

O quarto vídeo dessa semana é com um sensacional show de mágicas no Britain's Got Talent.

E pra encerrar a incrível seleção desta semana, trazemos um vídeo engraçadíssimo de um jornalista que, ao invés de enviar um currículo, escreveu uma música e gravou um vídeo cantando para pedir um emprego na PUC!

Publicado por: Redação


  Imprimir Página Comentários Indique a um amigo
 



24 Abr 2014

O Guia das cervejas

Publicado em ZiNews as 16h37





As cervejas feitas artesanalmente se diferem na cor, no sabor, na textura e até na temperatura ideal para consumo. Mas não é por isso que ela não tem seu espaço no mercado. A onda de pub’s e cervejarias vem aumentando e trazendo muita coisa boa com ela.

O Zine Cultural bateu um papo com Henrique Oliveira, escritor e beersommelier (sim, apreciador de cervejas), autor do livro Brasil Beer, o guia das cervejas brasileiras. A obra é um verdadeiro mapa do tesouro. Com mais de 450 tipos de cervejas em 120 cidades do Brasil, o livro ainda traz sugestões de hoteis e serviços em cada cidade.  Confira o bate papo. 

 O que motivou a estudar e escrever sobre o tema cerveja?

Quando assumi a presidência da Associação de Cervejeiros Artesanais de Minas Gerais (ACervA Mineira)em 2007, procurei estudar de forma mais apropriada sobre o assunto. Os livros que existiam no mercado eram poucos e normalmente voltados à produção de cervejas. Diga-se de passagem 80% dos livros existentes eram traduções vindos da Europa ou dos Estados Unidos. Dessa forma, percebi que havia uma lacuna para ser preenchida, sobretudo no que tange a um mapeamento das microcervejarias e cervejarias regionais no Brasil.  E a partir dessas premissas iniciamos os trabalhos de confecção do livro Brasil Beer – O Guia Brasileiro de Cervejas.

Quais as maiores descobertas que você fez?

 Descobri que as informações sobre a cerveja especial no país estava muito fragmentada em revistas e periódicos e a partir do mapeamento que efetuamos, descobrimos muitas coisas interessantes a começar pelas cidades pitorescas e pequenos municípios bastante atrativos para serem desvendados com microcervejarias que apresentavam cervejas incríveis, ricas em aroma e sabor. Esse desbravamento foi sensacional. Imagine passar um fim de semana na cidade histórica de Ouro Preto, que tem mais de 300 anos, tomando uma cerveja local feita com muito carinho regada a uma boa gastronomia: é indescritível!

Você acha que a cerveja no Brasil deixa muito a desejar em relação ao restante do mundo?

De uns anos para cá, acredito fielmente que não. Há muitas cervejas que já ganharam diversos prêmios nacionais e internacionais. Das microcervejarias mineiras, destaco a Backer de Nova Lima, a Falke Bier de Ribeirão das Neves e a Wäls de Belo Horizonte que faturaram prêmios internacionais na América do Sul, nos Estados Unidos e na França. Aliás, em 2012 a Wäls foi eleita a melhor cervejaria do continente Sul Americano. Quanto aos cervejeiros caseiros e de pequeniníssimo porte – as ditas nanocervejarias, elas também não deixam nada a desejar. Nessa categoria, cito o Profana de Juiz de Fora, de propriedade do nobre amigo Cristiam Nazareno que conquistou diversos prêmios e medalhas em concurso nacional de cervejas por mais de dois anos consecutivos. Elas são, em seu conjunto uma explosão de sabores complexos que deixariam qualquer mestre cervejeiro de água na boca.

Cervejaria Walls - Campeã do "Word Beer Cup"

Situações engraçadas que você vivenciou em função desse trabalho.

Há algumas interessantes, todavia cito uma: Estava palestrando uma degustação para um grupo executivo de empresários e em um determinado momento abrimos uma cerveja. A turma estava na expectativa da minha próxima descrição. Era uma cerveja escura, bem encorpada. Como a cerveja estava muito fria, ao cheirar o líquido eu disse para o pessoal: - “Sabem qual é o aroma que estou sentido”?  E a turma: -“Qual professor?” e eu: - “...Nada”! Não sinto nada! E foi uma gozeira só! – “Êita professor diz que sabe mas não sabe nada”! De fato, cerveja muito gelada torna-se difícil detectar aromas e sabores. E foi o que aconteceu não detectei os aromas correspondentes à cerveja! Foi um momento prazeroso, de formação de curiosos e aficionados e não de “enochatos”!

Como surgiu a ideia de trabalhar em parceria com seu sogro. 

Para o livro Brasil Beer, precisávamos de uma pessoa metódica, minuciosa que pudesse localizar hotéis agradáveis, bares relacionados ao tema, restaurantes e, sobretudo, bons serviços de táxi. Hélcio era a pessoa certa, pois ora aposentado de seus afazeres enquanto engenheiro de uma grande siderúrgica, dispunha do tempo necessário que pretendíamos para formatar essa parte do roteiro. Sua presença foi mais que assertiva e bem vinda, o que acabou sendo um verdadeiro sucesso.

Como tem sido investigar a produção em Minas?

Esse é o meu próximo trabalho (livro) que tem sido muito instigante. Fico noites sem dormir pensando nas próximas páginas. Conversar com os empresários,  com famílias que tiveram os bisavós, avós que um dia produziram cervejas é de tirar lágrimas dos olhos! Simplesmente emocionante e de muita responsabilidade. Digo isso por que as muitas dessas famílias já estavam com suas histórias corroídas com o tempo e agora eles terão a oportunidade de perpetuá-las em um material que vai compor boa parte das bibliotecas e livrarias do Brasil. Essa realidade os conforta e dá muito prestigio, além de muitas alegrias. Para mim, em particular é uma realização pessoal que tenho muito orgulho.

 Qual foi a melhor cerveja que você já experimentou?

Essa questão é fácil de responder (risos)! A melhor cerveja é aquela que está mais próxima de sua casa. E em Belo Horizonte, onde vivo, há mais de quinze cervejarias e mais de cem cervejeiros caseiros produzido verdadeiras beldades! A Cervejaria Kraemerfass criou uma cerveja fresca, novinha, pronta para consumo. Ela não rodou os porões de um navio e nem passou por um longo e burocrático processo de importação; tampouco pegou longos quilômetros de rodovia esburacada sobre um calor escaldante vindo de nosso sol tropical. É algo especial, de perto, que se pega na hora,  refrigera-se na temperatura ideal.

Cervejaria Kraemerfass –Delfim Moreira\MG

 

Publicado por: Vinícius Barreto


  Imprimir Página Comentários Indique a um amigo
 



23 Abr 2014

Empreendedorismo global

Publicado em ZiNews as 16h58





Transformar Minas no maior centro de TI do Brasil até 2022. Esse é o objetivo do MGTi, que vai apresentar nesta quinta-feira (24) em Juiz de Fora o Programa de Inovação e Empreendedorismo com a Universidade de Stanford.

O evento vai esclarecer os principais pontos sobre o programa, que é uma oportunidade de desenvolvimento empresarial, com o objetivo de capacitar empresários em conhecimentos sobre inovação, modelos de negócios e ferramentas de empreendedorismo, incluindo conceitos de estratégia de globalização até práticas de financiamento por meio de capital de risco.

Gustavo Pinto de Oliveira é um dos inscritos e, para ele, a importância do programa é dar uma visão global aos empreendedores. "Estive recentemente em uma semana de imersão no Vale do Silício e percebi que as empresas do Brasil precisam se preparar globalmente para aumentar sua competitividade. Lá, mesmo as pequenas empresas já nascem com esse conceito, num ambiente colaborativo e compartilhado, tendo uma visão do todo que é importantíssima para se desenvolverem."

O programa conta com subsídios de até 80% do governo para empresas de TI de MG e uma agenda em Stanford e em BH, oferecendo aos participantes aconselhamento e feedback de professores da faculdade e especialistas do Vale do Silício.

Serão selecionadas 20 empresas, que passarão por um programa de quatro fases. O prazo para inscrição termina às 18h do dia 28 de abril e o evento para tirar dúvidas acontece no Auditório do Centro Industrial de Juiz de Fora, amanhã (24), às 14h15. Confira mais informações aqui.

Publicado por: Talita Scoralick


  Imprimir Página Comentários Indique a um amigo
 



22 Abr 2014

Adeus gordice

Publicado em ZiNews as 16h04





Feriado na sexta, feriado na segunda, quatro dias em casa, em plena páscoa... O que vem à sua cabeça com isso? Muita comilança! Ovos de páscoa, caixas de bombom, churrasco de família, jantar com o(a) namorado(a) e por aí vai! É fato que esses últimos abençoados dias foram de deixar a dieta de lado, esquecer que a academia existe e se jogar nas delícias gastronômicas. E é agora que a consciência pesa!

De volta à rotina, todos se perguntam como recuperar o prejuízo e perder todas as calorias que vieram com o feriado. E o Zine Cultural, junto com a FibraTech vai te ajudar com as respostas! Segundo o professor da academia, Eduardo Lopes, não é fácil voltar ao normal: é importante ressaltar que "correr atrás do prejuízo" em pouco tempo não leva a grandes resultados e pode causar lesões. A melhor estratégia é manter um nível de atividade física regular semanal, podendo variar as modalidades e tipos de treino afim de não entrar na monotonia".

Se a melhor forma de não ficar com a consciência pesada depois de um final de semana de comida em excesso é manter os exercícios físicos sempre em dia, o Eduardo dá a dica: "corrida, circuitos funcionais, aulas de spinning, jump, kangoo e zumba são algumas das boas opções".

O que nos resta agora é seguir essas dicas e comer, com moderação, o chocolate que com certeza sobrou da páscoa! #devoltaaoprojetofitness

Publicado por: Natália Andrade


  Imprimir Página Comentários Indique a um amigo
 



19 Abr 2014

Assiste Aí #15

Publicado em ZiNews as 15h00





O primeiro vídeo antecipa o clima da Copa do Mundo do Brasil. Um medley, feito por um guitarrista, junta versões oficiais de algumas Copas passadas.

O próximo vídeo é da série: Coisas que a gente só vê em programas de auditórios. Uma freira cantando Cindy Lauper. Confira o vozeirão

O terceiro vídeo mostra uma selfie que não deu muito certo.

E se você fosse convocado para uma entrevista de emprego para o trabalho mais importante do mundo? Confira esse vídeo emocinonante.

E pra encerrar nossa seleção, um vídeo do canal Parafernalha sobre academia. Pra nos lembrar que, depois da Páscoa e seus muitos chocolates, na terça-feira a vida volta ao normal. Qualquer semelhança não é mera coincidência!

Publicado por: Redação


  Imprimir Página Comentários Indique a um amigo
 



Anterior | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | Próximo

Publicidade

GERMAN

Twitter

Publicidade

SEST SENAT
Powerline
VISTA GRAF
Open TV
VISTA GRAF

Coluna do Dia - 16/09/2014

16 de setembro de 2014
+ ver todas as edições
    @ZineCultural