Entrar
Clique aqui para entrar

28º Festival de Música Colonial Brasileira e Música Antiga @ Juiz de Fora / MG - Zine Cultural

Jul
23
2017

28º Festival de Música Colonial Brasileira e Música Antiga @ Juiz de Fora / MG



Com concertos noturnos e vespertinos, oficinas, palestras, lançamento de CD e audições de alunos!


Ingressos

Nos eventos que oferecem a possibilidade de ingressos "meia-entrada", é necessário comprovar a condição com documentação específica.

EVENTO JÁ REALIZADO

28º Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga acontecerá entre os dias 23 e 30 de julho. A programação contará com concertos noturnos e vespertinos, oficinas, palestras, lançamento de CD e audições de alunos. Todos os concertos e atividades são gratuitos, e a abertura acontecerá no dia 23, no Cine-Theatro Central. Quem se apresentará neste primeiro dia é o grupo Atempo, especializado em música medieval, com o programa Cantilena Instrumental, com repertório europeu de fins do século XII ao século XV e combinação inédita de instrumentos de época.


 

Oficinas

 

O 28º Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga oferecerá a oportunidade de estudantes de música aperfeiçoarem seus conhecimentos, por meio de oficinas gratuitas. Elas acontecerão no Instituto de Artes e Design (IAD), no Campus da UFJF, e serão ministradas por alguns dos músicos, tanto brasileiros quanto estrangeiros, que participarão da programação cultural do evento. Dentre as novidades, estão a Oficina de Musicalização para Bebês, a de Prática de Orquestra Infantil e a de Violino Infantil.

 

Palestras

 

O 28º Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga contará com duas palestras em sua programação, para os apreciadores do gênero e os interessados em saber mais sobre o espetáculo. Confira o que terá em cada uma:

  • "Il Ballo delle ingrate, de Claudio Monteverdi: análise e contexto", Carlos Alberto Figueiredo, da UFRJ: Abordará aspectos analíticos da obra, com ênfase na relação texto-música e sua inserção na trama monteverdiniana. Depoimentos do próprio compositor servirão como referência para o desenvolvimento da abordagem proposta.
     
  • "Il fin è la meraviglia: a importância da cenografia na ópera dos séculos XVII e XVIII", com Rosana Orsini: a diretora artística da ópera falará sobre a origem e o desenvolvimento dos principais recursos técnicos utilizados ao longo dos séculos XVII e XVIII, que, embora simples, criavam o fantástico e o maravilhamento nas representações músico-teatrais, fazendo do visual um dos principais pilares do espetáculo barroco.
     


 

 

Lançamento de CD

 

Nicolas de Souza Barros, especialistas em instrumentos eruditos de cordas dedilhadas, como alaúdes e guitarras barroca e romântica, lança no dia 26, no auditório do IAD, o seu terceiro CD para violão de oito cordas com afinação estendida. "Chora, Violão!" traz para o universo desse instrumento o melhor da obra para piano de Ernesto Nazareth. O trabalho ainda possui valsas, os tangos brasileiro (choros), habanera, de salão e argentin.

 

Abertura - Conjunto Atempo

 

A sonoridade medieval vai ecoar pelo Cine-Theatro Central e transportar o público para paisagens europeias e tempos distantes durante a abertura do 28º Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antigo. No palco, o conjunto Atempo, especializado em repertório medieval, vai apresentar o programa Cantilena Instrumental, com peças originalmente instrumentais e vocais de Espanha, França e Itália de fins do século XII ao século XV. O grupo elegeu obras de compositores importantes do fim da Idade Média, como Machaut e Landini, cujas músicas ganharam versões instrumentais no fim da Idade Média. A apresentação terá ainda peças a três vozes que foram baseadas em uma composição instrumental ou ainda uma dança arranjada instrumentalmente pelo grupo.

 


Pedro H Novaes | Rita Cabus | Integrantes do Atempo (Fotos: Ana Clara Miranda)

 

O público do Festival vai poder conferir uma novidade com exclusividade: a combinação de dois órgãos de tubos portáteis medievais (conhecidos como órgãos portativos) – um soprano e o outro tenor. A união desses instrumentos com o clavicymbalum medieval resulta em uma combinação inédita no Brasil. Além de Pedro Hasselmann Novaes (vielas de arco, flauta doce ´elblag’, gaita de foles e direção), o grupo é formado por Alcimar do Lago (órgão portativo tenor, flautas doces e transversais e percussões) e Rita Cabus (clavicymbalum) e contará com a participação de Félix Ferrà (órgão portativo soprano e percussões) no recital de Juiz de Fora. Desde sua formação, o conjunto participa de festivais e seminários, além de publicar artigos em edições universitárias e na internet em razão do estudo, seleção e adoção de elementos musicais de tradições orais em seus trabalhos.

 

 


Feliz Ferrà (Foto: Paula Kossatz) | Alcimar do Lago Foto:divulgação) | Integrantes do Atempo

 

Seus integrantes estão constantemente envolvidos em atividades que vão da transcrição, arranjo e interpretação de peças musicais de manuscritos de época ao estudo iconográfico, construção, adaptação e afinação de instrumentos musicais, com base em modelos e referências medievais.

 

Programação completa:


 

Concertos Noturnos
 

23/07 | 20H: Concerto de Abertura

  • Conjunto Atempo – Música da Idade Média (Cantilena Instrumental)
  • Local: Cine-Theatro Central
     

24/07 | 20H: Concerto de Cravo - Marco Brescia

  • Local: Igreja do Rosário
     

25/07 | 20H: Quarteto BH Trompas

  • Local: Igreja São Sebastião
     

26/07 | 20H: Quinteto Villa-Lobos

  • Local: Cine-Theatro Central
     

27/07 | 20H: Ars Nova – Coral da UFMG

  • Local: Cine-Theatro Central
     

28/07 | 20H: Teatro Navegante - Companhia de Marionetes: Espetáculo O Organista

  • Local: Cine-Theatro Central
     

29/07 | 20H: Concerto de Flauta Doce – David Castelo

  • Local: Cine-Theatro Central
     

30/07 | 20H: Concerto de Encerramento

  • Ópera Il Ballo Delle Ingrate – Claudio Monteverdi
  • Local: Cine-Theatro Central


 

Concertos Vespertinos

 

25/07 | 18H: Coral Cesama

  • Local: Museu de Arte Murilo Mendes (MAMM)
     

27/07 | 18H: Coral Pró-música

  • Local: Museu de Arte Murilo Mendes (MAMM)
     

29/07 | 14H: Orquestra Sinfônica Pró-música

  • Local: Shopping Independência


 

Oficinas (Instituto de Artes e Design - UFJF)
 

21 e 22/07 | 09H às 12H - 14H às 18H: Musicalização para Bebês (Educação Musical)

  • Professora: Aline Carneiro 
     

24 a 29/07| 8H às 12H: 

  • Cravo - com Marco Brescia (MG)
  • Violino - com Paulo Bosísio (RJ)
  • Violino (Crianças) - com José Ademar Rocha (PB)
  • Canto Barroco - com Veruschka Mainhard (RJ)
  • Flauta Doce - com David Castelo (GO)
  • Oficina de Instrumentos Históricos de Cordas Dedilhadas - com Nicolas de Souza Barros (RJ)
  • Violoncelo - com Abel Moraes (MG)
     

23 a 30/07 | 13H30 às 15H30: Danças Barrocas

  • Professor: Osny Fonseca (SP)
     

24 a 29/07 | 14H às 16H:

  • Coro (Madrigal), com Carlos Alberto Figueiredo (RJ)
  • Prática de orquestra, com César Timóteo (MG)
     

24 a 29/07 | 16H às 18H: Prática de Orquestra Infantil

  • Professor: José Ademar Rocha (PB)
     

Palestras (Auditório do Instituto de Artes e Design/UFJF)
 

24/07 | 16H: Il fin è la meraviglia: a importância da cenografia na ópera dos séculos XVII e XVIII

  • Professora: Rosana Orsini (Sorbonne/UNL)
     

26/07 | 16H: Lançamento do CD Chora, Violão!

  • Professor: Nicolas de Souza Barros (UNIRIO)

28/07 | 16H: O Ballo delle ingrate, de Cláudio Monteverdi: análise e contexto

  • Professor: Carlos Alberto Figueiredo (UNIRIO)

 

Audições dos alunos (Auditório do Instituto de Artes e Design/UFJF)

29/07 | 10H às 12H - 14H às 16H

O Zine Cultural não se responsabiliza por alterações de última hora efetuadas na programação deste evento sem comunicação prévia à redação.
Publicidade

Você também pode gostar!

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!

Publicidade