Entrar
Clique aqui para entrar

19º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro - Online - Zine Cultural

Out
11
2020

19º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro - Online



A premiação ocorre no dia 11/10 (domingo), pela primeira vez de forma remota. Confira os detalhes!


  • 11/10 (Dom) a 11/10 (Dom) - 21:30 até 23:30 | Online

Ingressos

Nos eventos que oferecem a possibilidade de ingressos "meia-entrada", é necessário comprovar a condição com documentação específica.

EVENTO JÁ REALIZADO

O 19º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro ocorre no dia 11/10 (domingo), a partir das 21h30.


Pela primeira vez sendo realizado de forma remota, o evento será transmitido ao vivo no canal TV Cultural e no Youtube da emissora.


Apresentado por Marina Person e Adriana Couto, serão anunciados 32 prêmios para longas-metragens, curta-metragens e séries brasileiras.

 

👉 CLIQUE AQUI E CONFIRA AS LIVES DE HOJE E DOS DEMAIS DIAS DA SEMANA! 👈
 

 

Confira os indicados ao 19º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

 

 

  • MELHOR LONGA-METRAGEM – FICÇÃO:
     

“A Vida Invisível”

“Bacurau”

“Divino Amor”

“Hebe – A Estrela do Brasil”

“Simonal”

 

  • MELHOR LONGA-METRAGEM – DOCUMENTÁRIO:
     

“Alma Imoral”

“Amazônia Groove”

“Bixa Travesty”

“Estou Me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar”

“O Barato de Iacanga”

 

  • MELHOR LONGA-METRAGEM – COMÉDIA:

 

“Cine Hollyúdy – A Chibata Sideral”

“De Pernas Pro Ar 3”

“Eu Sou Mais Eu”

“Maria do Caritó”

“Minha Mãe é Uma Peça 3”

“Socorro, Virei Uma Garota”

 

  • MELHOR LONGA-METRAGEM – ANIMAÇÃO:

 

“A Cidade dos Piratas”

“A Princesa de Elymia”

“Tito e Os Pássaros”

 

  • MELHOR LONGA-METRAGEM – INFANTIL:

 

“Cinderella Pop”

“Sobre Rodas”

“Turma da Mônica – Laços”

 

  • MELHOR DIREÇÃO:

 

Daniel Rezende, “Turma da Mônica – Laços”

Flávia Castro, “Deslembro”

Gabriel Mascaro, “Divino Amor”

Karim Aïnouz, “A Vida Invisível”

Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, “Bacurau”

 

  • MELHOR PRIMEIRA DIREÇÃO DE LONGA-METRAGEM:

 

Alexandre Moratto, “Sócrates”

Armando Praça, “Greta”

Claudia Castro, “Ela Disse, Ele Disse”

Dennison Ramalho, “Morto Não Fala”

Leonardo Domingues, “Simonal”

 

  • MELHOR ATRIZ:

 

Andréa Beltrão, “Hebe – A Estrela do Brasil”

Bárbara Colen, “Bacurau”

Carol Duarte, “A Vida Invisível”

Dira Paes, “Divino Amor”

Julia Stockler, “A Vida Invisível”

 

  • MELHOR ATOR:

 

Daniel de Oliveira, “Morto Não Fala”

Fabrício Boliveira, “Simonal”

Gregório Duvivier, “A Vida Invisível”

Marco Nanini, “Greta”

Silvero Pereira, “Bacurau”

 

  • MELHOR ATRIZ COADJUVANTE:

 

Alli Willow, “Bacurau”

Bárbara Santos, “A Vida Invisível”

Fernanda Montenegro, “A Vida Invisível”

Karine Telles, “Bacurau”

Sônia Braga, “Bacurau”

 

  • MELHOR ATOR COADJUVANTE:

 

Antonio Saboia, “Bacurau”

Caco Ciocler, “Simonal”

Chico Diaz, “Cine Holliúdy – A Chibata Sideral”

Flávio Bauraqui, “A Vida Invisível”

Júlio Machado, “Divino Amor”

 

  • MELHOR DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA:

 

Azul Serra, “A Turma da Mônica – Laços”

Bárbara Alvarez, “A Sombra do Pai”

Hélène Louvart, “A Vida Invisível”

Heloisa Passos, “Deslembro”

Nonato Estrela, “Kardec”

Pedro Sotero, “Bacurau”

 

  • MELHOR ROTEIRO ORIGINAL:

 

Beatriz Seigner, “Los Silencios”

Carolina Kotscho, “Hebe – A Estrela do Brasil”

Flávia Castro, “Deslembro”

Gabriel Mascaro, Rachel Ellis, Esdras Bezerra e Lucas Paraizo, “Divino Amor”

Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, “Bacurau”

 

  • MELHOR ROTEIRO ADAPTADO:

 

Armando Praça, “Greta”

L.G. Bayão, Lui Farais e Letícia Mey, “Minha Fama de Mau”

Marçal Aquino, Fernando Bonassi, Dennison Ramalho e Marcelo Starobinas, “Carcereiros – O Filme”

Murilo Hauser, Karim Aïnouz e Inés Bortagaray, “A Vida Invisível”

Silvio Tendler e Nilton Bonder, “Alma Imoral”

Thiago Dottori, “Turma da Mônica – Laços”

 

  • MELHOR DIREÇÃO DE ARTE:

 

Cassio Amarante e Mariana Falvo, “Turma da Mônica – Laços”

Claudio Amaral Peixoto e Helcio Pugliese, “Kardec”

Rodrigo Martirena, “A Vida Invisível”

Thales Junqueira, “Bacurau”

Yurika Yamazaki, “Simonal”

 

  • MELHOR FIGURINO:

 

Antônio Medeiros, “Hebe – A Estrela do Brasil”

Kika Lopes e Rosangela Nascimento, “Kardec”

Kika Lopes, “Simonal”

Marina Franco, “A Vida Invisível”

Rita Azevedo, “Bacurau”

 

  • MELHOR MAQUIAGEM:

 

Anna Van Steen, “Kardec”

Britney Federline, “Morto Não Fala”

Rose Verçosa, “Simonal”

Rosemary Paiva, “A Vida Invisível”

Simone Batata, “Hebe – A Estrela do Brasil”

Tayce Vale, “Bacurau”

 

  • MELHORES EFEITOS VISUAIS:

 

Claudio Peralta, “Kardec”

Guilherme Ramalho, “Morto Não Fala”

Hugo Gurgel, Guilherme Ramalho e Eduardo Schaal, “Carcereiros – O Filme”

Marco Prado, “Turma da Mônica – Laços”

Mikaël Tanguy e Thierry Delobel, “Bacurau”

 

  • MELHOR MONTAGEM – FICÇÃO:

 

Eduardo Serrano, “Bacurau”

Heike Parplies, “A Vida Invisível”

Karen Harley, “Greta”

Marcelo Junqueira, AMC e Sabrina Wilkins, AMC, “Turma da Mônica – Laços”

Pedro Bronz e Vicente Kubrusly, “Simonal”

 

  • MELHOR MONTAGEM – DOCUMENTÁRIO:

 

Bruno Murtinho, “Amazônia Groove”

Célia Freitas e Paulo Mainhard, “Torre das Donzelas”

Diana Vasconcellos, “Fevereiros”

Isabel Castro, “Meu Amigo Fela”

Karen Harley, “Estou Me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar”

Olivia Brenga, “Bixa Travesty”

 

  • MELHOR SOM:

 

Evandro Lima, Tomás Alem, Bernardo Uzeda, Rodrigo Noronha e Gustavo Loureiro, “Kardec”

Jorge Rezende, Miriam Biderman, ABC, Toco Cerqueira e Reilly Steele, “Turma da Mônica – Laços”

Laura Zimmerman, Waldir Xavier e Björn Wiese, “A Vida Invisível”

Marcelo Costa, Alessandro Laroca, Eduardo Virmond, Armando Torres Jr., ABC e Renan Deodato, “Simonal”

Nicolas Hallet, Ricardo Cutz e Cyril Holtz, “Bacurau”

 

  • MELHOR TRILHA SONORA:

 

Antonio Pinto, “O Juízo”

Benedikt Schiefer, Guilherme Garbato e Gustvo Garbato, “A Vida Invisível”

Linn da Quebrada, “Bixa Travesty”

Mateus Alvez e Tomaz Alves, “Bacurau”

Wilson Simoninha e Max de Castro, “Simonal”

 

  • MELHOR LONGA-METRAGEM INTERNACIONAL:

 

“Cafarnaum” (Líbano)

“Coringa” (EUA)

“Dor e Glória” (Espanha)

“Era Uma Vez em… Hollywood” (EUA)

“Parasita” (Coreia do Sul)

 

  • MELHOR LONGA-METRAGEM IBERO-AMERICANO:

 

“A Odisseia dos Tontos” (Argentina e Espanha)

“As Filhas do Fogo” (Argentina)

“Família Submersa” (Argentina e Brasil)

“O Tradutor” (Cuba e Canadá)

“Vermelho Sol” (Argentina e Brasil)

 

  • MELHOR CURTA-METRAGEM – ANIMAÇÃO:

 

“Apneia”

“Céu da Boca”

“Poética de Barro”

“Ressurreição”

“Só Sei Que Foi Assim”

 

  • MELHOR CURTA-METRAGEM – DOCUMENTÁRIO:

 

“Amnestia”

“Extratos”

“Fartura”

“Olhos D’Água (Tuã Ingugu)”

“Viva Alfredinho!”

 

  • MELHOR CURTA-METRAGEM – FICÇÃO:

 

“Alfazema”

“Angela”

“Baile”

“Rã”

“Sem Asas”

 

  • MELHOR SÉRIE – FICÇÃO (TV PAGA/ OTT):

 

“Aruanas” (Globoplay)

“Coisa Mais Linda” (Netflix)

“Detetives do Prédio Azul (DPA)” (Gloob)

“Sessão de Terapia” (Globoplay e GNT)

“Sintonia” (Netflix)

 

  • MELHOR SÉRIE – FICÇÃO (TV ABERTA):

 

“Carcereiros” (Globo)

“Cine Holliúdy” (Globo)

“Elis – Viver é Melhor Que Sonhar” (Globo)

“Segunda Chamada” (Globo)

“Sob Pressão” (Globo)

 

  • MELHOR SÉRIE – ANIMAÇÃO (TV PAGA/ OTT):

 

“Bobolândia Monstrolândia” (Nickelodeon e TV Cultura)

“Charlie, O Entrevistador de Coisas” (Discovery Kids)

“Lupita no Planeta de Gente Grande” (TV Brasil e TV Cultura)

“Turma da Mônica Jovem” (Cartoon Network)

“Zuzubalândia” (Cartoon Network, Boomerang, Tooncast América Latina)

 

  • MELHOR SÉRIE – DOCUMENTÁRIO (TV PAGA/ OTT):

 

“#OFUTUROÉFEMININO” (GNT)

“1968 – O Despertar” (Canal Curta)

“Bandidos na TV” (Netflix)

“Diálogo Sobre o Cinema” (Cine Brasil TV)

“Quebrando o Tabu” (GNT)

 

👉 CLIQUE AQUI E CONFIRA AS LIVES DE HOJE E DOS DEMAIS DIAS DA SEMANA! 👈

 

O Zine Cultural não se responsabiliza por alterações de última hora efetuadas na programação deste evento sem comunicação prévia à redação.
Publicidade

Você também pode gostar!

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!

Publicidade