Entrar
Clique aqui para entrar

MIMO Festival 2017 @ Tiradentes/MG - Zine Cultural

Set
28
2017

MIMO Festival 2017 @ Tiradentes/MG



Com ALA.NI, Zé Nogueira, Arthur Dutra, Bruno Aguilar, Anne Paceo e muito mais! Confira.


Ingressos

Nos eventos que oferecem a possibilidade de ingressos "meia-entrada", é necessário comprovar a condição com documentação específica.

EVENTO JÁ REALIZADO

Música de altíssima qualidade nos mais belos patrimônios históricos brasileiros. Assim pode se descrever o MIMO, maior festival gratuito de música instrumental do Brasil. Idealizado por Lu Araújo, da Lu Araújo Produções, o festival é um dos mais importantes eventos de brand experience do país. A praça da Sé, em Olinda, chega a receber 80 mil pessoas quando o MIMO passa por lá.  Com patrocínio do Bradesco, Cielo,  BNDES, Hero e apoio da Estácio, este ano o megaevento receberá artistas de vários lugares do mundo, como França, Senegal, Ucrânia, Inglaterra, Gana, Colômbia, Portugal, Mongólia e Bulgária.

 

 

Em 2017, o MIMO chega a sua 14ª edição anual consecutiva e fará sua primeira parada em Minas Gerais, de 28 a 30 de setembro. Durante três dias, igrejas e teatros das belas cidades mineiras de Tiradentes e Ouro Preto receberão artistas de diversos cantos do mundo para concertos do Circuito MIMO. A festa continua em outubro em Paraty e segue em novembro para Rio de Janeiro e Olinda, atraindo turistas de todo o país.

 

  •  Em Tiradentes, os concertos acontecerão na Igreja Matriz de Santo Antônio, um dos mais importantes monumentos do Brasil Colonial, que impressiona pela grandiosidade e riqueza de seus seis altares, e na Igreja São Evangelista, uma das mais antigas da cidade.

 

 

 

Programação completa em Ouro Preto/MG

 

  • Prêmio MIMO Instrumental: André Siqueira

28/09 (Quinta) - 19h30

Igreja São Evangelista 

 

  • ALA.NI (Inglaterra)

29/09 (Sexta-feira) - 21h

Igreja Matriz de Santo Antônio

 

Intérprete inspirada por cantoras de jazz e musicais americanos, como Billie Holiday e Judy Garland, a londrina, de origem caribenha, é uma revelação no cenário europeu. Em turnê para promover o primeiro CD, “You & I”, Ala.Ni fará a sua estreia no Brasil, no Circuito MIMO, em Ouro Preto e Tiradentes.  Desde cedo, demonstrava aptidão para as artes e, assim, ingressou na Escola de Teatro Sylvia Young – frequentada, entre outros, por Amy Winehouse. Foi vocalista de Andrea Bocelli, Mary J. Blige e Blur, até sair em carreira própria. Depois de lançar quatro EPs, passou a ocupar espaço nobre na mídia e a seduzir milhares de fãs, inclusive por conta dos vídeos originais que produz.

 


ALA.NI (Foto: divulgação)

 

  • Zé Nogueira e Arthur Dutra - participação de Bruno Aguilar (Brasil)

28/09 (Quinta) - 21h

Igreja Matriz de Santo Antônio

 

Um dos mais atuantes nomes da música instrumental brasileira dos últimos 40 anos, Zé Nogueira tem o sax soprano como voz principal, é arranjador e produtor. Integrou a Banda Zil, lançou dois álbuns (“Disfarça e chora”, de 1995, e “Carta de pedra”, de 2008), gravou e tocou com grandes nomes da MPB, como Moacir Santos, Chico Buarque, Djavan e Ney Matogrosso. O experiente artista se uniu ao jovem vibrafonista e compositor Arthur Dutra em 2009 e, juntos, desenvolveram a sonoridade do sofisticado álbum “Encontros” (2016). O baixista Bruno Aguilar participa do concerto que traz obras do próprio Arthur, Guinga, Tom Jobim, Villa-Lobos, Egberto Gismonti, Cyro Pereira e Mario Albanese e dos jazzistas contemporâneos Anouar Brahem e Didier Malherbe.

 


Zé Nogueira & Arthur Dutra (Foto: divulgação)

 

  • Anne Paceo (França)  

30/09 (Sexta) - 22h

Casa da Ópera

 

Uma das maiores figuras do novo cenário do jazz francês, que se distingue pela trajetória e personalidade singulares, a baterista e compositora Anne Paceo já realizou concertos em mais de 40 países de cinco continentes. A artista, que vem pela primeira vez ao Brasil, tem quatro álbuns saudados pela crítica e conquistou importantes prêmios - o Django de Ouro de “novo talento”, em 2010, e dois Victoires du Jazz, o primeiro em 2011, como “revelação do ano”, e o segundo, em 2016, como “artista de jazz do ano”. Com sólida formação acadêmica, produz uma mistura interessante de tudo o que ouviu ou experimentou, da música clássica ao pop, da world music à eletrônica. Ela apresentará no Circuito MIMO  seu mais recente álbum, “Circles”, ao lado de seu novo e virtuoso grupo.

 


Anne Paceo (Imagem retirada da Internet)

 

CLIQUE AQUI E CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE OURO PRETO!

O Zine Cultural não se responsabiliza por alterações de última hora efetuadas na programação deste evento sem comunicação prévia à redação.
Publicidade

Você também pode gostar!

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!

Publicidade