Entrar
Clique aqui para entrar

1ª Mostra de Monólogos MoMo - Online - Zine Cultural

Mar
18
2021

1ª Mostra de Monólogos MoMo - Online



Serão apresentados sete espetáculos solos. confira!


  • 18/03 (Qui) a 23/03 (Ter) - 20:30 até 23:30 | Online

Ingressos

Nos eventos que oferecem a possibilidade de ingressos "meia-entrada", é necessário comprovar a condição com documentação específica.

EVENTO JÁ REALIZADO

Do dia 16 a 23 de março, sempre às 20h30, ocorrerá a 1ª Mostra de Monólogos MoMo.


O evento contará com a apresentação de sete espetáculos solos aprovados em edital com o apoio da Lei Aldir Blanc.


A transmissão será realizada por meio do site Alvenaria Espaço Cultural.

 

👉 CLIQUE AQUI E CONFIRA AS LIVES DE HOJE E DOS DEMAIS DIAS DA SEMANA! 👈

 

PROGRAMAÇÃO:

 

  •  16/03 (terça): PAIXÕES DA ALMA

Cláudia Missura prepara um ensopado e dá a receita de como se proteger das paixões que atacam nossa alma, neste monólogo inspirado na obra do filósofo francês René Descartes.
 

  • 17/03 (quarta): COMO TODOS OS ATOS HUMANOS

O espetáculo aborda a naturalização da violência, levando à cena, numa alusão inversa de Electra, uma narrativa tétrica na qual a filha, obcecada por seu pai, é por ele subjugada.E, ao contrário do que dita sua paixão e admiração, o extermina furando seus olhos com um estilete. Ao cometer esse “parricídio ocular”, ela termina por incidir simbolicamente no aniquilamento arquetípico do patriarcado e de toda a vigília que a redoma masculina exerce sobre a mulher.

 

 

  • 18/03(quinta): OSSADA , A LIVE

Os três pequenos monólogos de Maureen Lipman, atriz e autora inglesa ainda desconhecida aqui no Brasil, foram adaptados por Elzemann Neves, João Wady Cury e Ester Laccava, e trazem em comum mulheres "estendidas" em sua existência. Elas desafiam, delicadas na transparência do patético confessado. Para dar potência a esse humano indomesticável, Wislawa Szymborska, poeta polonesa e ganhadora do Nobel de literatura, e Laurie Anderson, artista multimídia, completam a performance da atriz e diretora Ester Laccava. 
 

  • 19/03 (sexta): O MEU LADO HOMEM

Musical baseado na obra obscena "Cartas de um Sedutor”, da premiada escritora Hilda Hilst. O espetáculo mostra Sápata Magáli, uma espécie de anti-heroína ridícula, como apresentadora de um cabaré. Acompanhada pelo violonista Luiz Gayotto e pela saxofonista Simone Julian, Sápata soma à prosa de Hilda um repertório musical variado e de forte apelo popular. Ela relembra fatos de sua vida, canta e permite à plateia um passeio pelo seu coração. Nas palavras do crítico Wellington Andrade, para a Revista Cult, “Sápata Magáli mostra-se como a pitonisa ideal ao deboche refinado de Hilda Hilst”.
 

  • 20/03 (sábado): A ÚLTIMA DANÇA

Monólogo inspirado no diário de fábrica da escritora e filósofa francesa Simone Weil. Nascida em 1909 em Paris, filha de médico, aos vinte anos ela aluga um quartinho perto de uma fábrica, despede-se dos pais, amigos e das aulas de filosofia para trabalhar na linha de montagem com o objetivo de escrever sobre a condição operária e a opressão social. A partir dessa vivência, Simone deixa uma espécie de diário relatando o seu dia a dia: a fome, as labaredas, os ruídos ensurdecedores, os acidentes, as doenças, as ordens, o medo, o esgotamento, o envelhecimento, a infelicidade, o emburramento. Com dramaturgia de César Baptista, o espetáculo foi construído a partir dos relatos dessa mulher revolucionária, revivida no palco pela atriz Natalia Gonsales.

 

 

  • 21/03 (domingo): NINA E AS DESPEDIDAS (França)

Livremente inspirado no poema Ausência, de Carlos Drummond de Andrade, Nina e as Despedidas é uma ode à morte, ao fim e aos recomeços. Uma performance sem palavras, entre gestos e balões, que evoca com delicadeza aquilo que morre para dar lugar a novos horizontes.
 

  • 22/03 (segunda): CAFÉ DA GRAXA 

O Café da Graxa é uma série de conversas com técnicos, de maneira informal e sem censura. Uma pausa para o café durante o expediente, contando causos do backstage, piadas, experiências na área de atuação e o que vier à cabeça. Cecília Lüzs conduz um bate-papo descontraído regado a muito café, como os papos do camarim, café da esquina, boteco…
 

  • 23/03 (terça): MADAME E A FACA CEGA

Vera vai, como de costume, gravar seu programa de culinária. Mas desta vez Madame atormentará seus pensamentos.

 

 

👉 CLIQUE AQUI E CONFIRA AS LIVES DE HOJE E DOS DEMAIS DIAS DA SEMANA! 👈

 

O Zine Cultural não se responsabiliza por alterações de última hora efetuadas na programação deste evento sem comunicação prévia à redação.
Publicidade

Você também pode gostar!

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!

Publicidade