Entrar
Clique aqui para entrar

Trilhos @ Sociedade Filarmônica de Juiz de Fora - Zine Cultural

Nov
17
2018

Trilhos @ Sociedade Filarmônica de Juiz de Fora



O Grupo Macauã estreia o espetáculo Trilhos, na Sociedade Filarmônica de Juiz de Fora, embalado por músicas e danças da cultura popular brasileira.


Ingressos

Nos eventos que oferecem a possibilidade de ingressos "meia-entrada", é necessário comprovar a condição com documentação específica.

EVENTO JÁ REALIZADO

Neste fim de semana, o Grupo Macauã estreia o espetáculo Trilhos, na Sociedade Filarmônica de Juiz de Fora. A nova peça do grupo é embalada por músicas e danças da cultura popular, com várias referências das artes brasileiras, como pintura, escultura, a arte ingênua e o ofício do artesão. "Trilhos" fica em cartaz nos dias 17, 18, 24 e 25 de novembro (sábados e domingos), às 20h30. A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados antecipadamente. 

 

 

A costura desse roteiro pelas artes brasileiras é feita por diversas viagens de trem, que remete a trajetos ainda existentes no país - Trem da Mantiqueira, da Serra Mar, do Pantanal e do Forró - e também rememora alguns desativados, como o Bahia-Minas e o saudoso Xangai.

 


Grupo Macauã (Foto: página oficial no Facebook)

 

Onde retiro meu ingresso?

 

🚩 Quintal das Artes e Terapia (Av. Rio Branco, 232 - Manoel Honório)

🚩 VIVAVOX (Av. Rio Branco 2.384 - Centro)

🚩 FLUX (R. Halfeld, 717, loja 127 - Centro)

 


Grupo Macauã (Foto: página oficial no Facebook)


O grupo vai parte do litoral, passa pelo cerrado brasileiro, pelos pampas, Pantanal, Amazônia, caatinga e Mata Atlântica. Durante essa viagem pelos biomas e pontuada pelas artes brasileiras, encontram-se ricas manifestações da cultura popular. O espetáculo faz referência à pesca, Congada, vida nos pampas, colheita do café e a produção de moringas. Também convida para dançar o siriri, para o ritual do kuarup no Xingu, representa a chuva que chega na caatinga, as rendas e o xaxado. Além disso, relembra as contagiantes festas na roça.

 


Grupo Macauã (Foto: página oficial no Facebook)

 

O Grupo Macauã

 

O Grupo Macauã estuda e divulga a cultura popular brasileira e suas diversas manifestações folclóricas, em especial a música e a dança. O grupo desenvolve suas atividades desde maio de 1991. Conta com cerca de 20 integrantes, dentre pesquisadores, dançarinos, músicos e colaboradores, com realização de apresentações folclóricas em diversos espaços e instituições de Juiz de Fora e em outros municípios.

O nome Macauã é uma homenagem à ave de rapina que leva a fama de matar cobras e mostrar seu coro em cima de árvores. Segundo a tradição, isso anuncia visitas, chuvas e notícias. Daí a analogia: “Macauã traz notícias proféticas de um povo que não pode perder-se na história, nem perder sua história”.

 

 

O Zine Cultural não se responsabiliza por alterações de última hora efetuadas na programação deste evento sem comunicação prévia à redação.
Publicidade

Você também pode gostar!

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!

Publicidade