Entrar
Clique aqui para entrar

#ZineEntrevista: Barão Vermelho fala sobre a turnê de 35 anos e a nova formação! - Zine Cultural

Blog

#ZineEntrevista: Barão Vermelho fala sobre a turnê de 35 anos e a nova formação!

Por:

#BarãoPraSempre: este é o título que o Barão Vermelho deu para turnê de 35 anos. A banda, que começou em 1981, sobreviveu - melhor, viveu- no cenário do rock brasileiro, firme e forte, mesmo em meio a diversas mudanças que pontuaram esta trajetória. Após a saída de Cazuza, Frejat assumiu os vocais, no qual, entre algumas pausas, permaneceu até o começo de 2017. No entanto, os integrantes Guto Goffi (bateria), Fernando Magalhães (guitarra), Rodrigo Santos (baixo) e Maurício Barros (teclados) querem colocar o pé na estrada de verdade, com frequência, para a alegria dos fãs. Sai Frejat, amigavelmente, pois no momento se dedica a outros projetos. E entra Rodrigo Suricato, para dar um novo fôlego ao Barão! Vocalista da banda Suricato, agora ela passa a equilibrar os dois grupos. 

➡ INGRESSO COM PROMOÇÃO EXCLUSIVA NO ZINE CULTURAL⬅
 


Barão Vermelho (Foto: divulgação)

 

O primeiro show com a nova formação rolou no dia 06/05, no Circo Voador, que fica no Rio de Janeiro. Segundo as críticas, ninguém precisa se preocupar - ao contrário, Barão deu um show contagiante, Rodrigo vestiu a camisa, e tem tudo para dar mais que certo. Para ter certeza, podemos ver com os nossos próprios olhos, em Juiz de Fora, no próximo sábado (13/05), no Capitólio! Mas, antes, vamos ouvir dos próprios "Barões" tudo o que eles tem a dizer. Afinal, é #BarãoPraSempre!

 


Barão Vermelho (Foto: divulgação)

 

Entrevista com Barão Vermelho: 

 

ZINE - Após 4 anos de recesso, qual o grande diferencial da turnê de 35 anos?

Guto Goffi
Eu vinha dizendo que o Barão Vermelho da terceira encarnação, seria 20% melhor que os anteriores. O mundo evolui e nós também evoluímos pra melhor, o que bom, né? (risos) O diferencial é que temos que melhorar a cada nova turnê, o público sempre quer vibrar intensamente.
 

Fernando Magalhães
O Barão está em um momento maravilhoso, estamos todos muito empolgados pelo retorno da banda para a estrada, e por estarmos trabalharmos juntos de novo. Amamos a banda, é um prazer tocarmos as nossas músicas e presentearmos nossos fãs e o público em geral, com shows vigorosos, com qualidade sonora e visual que esta tour proporciona. O grande diferencial, é o nosso novo vocalista, Rodrigo Suricato, um cantor, guitarrista e compositor maravilhoso, que está trazendo o seu talento para acrescentar mais criatividade e gás para a música do Barão. Temos uma aparato visual nos shows, com telões e iluminação que traz uma beleza para o espetáculo, que está sensacional e dá ao público uma experiência nova. Vamos percorrer o país inteiro e vamos todos nos divertir, levando um show lindo. O Barão é uma banda eterna!

 

ZINE: Guto Goffi e Maurício Barros, vocês fazem parte da formação original da banda. Na opinião de vocês, quais as maiores vantagens e as dificuldades de sobreviverem ao longo do tempo, com tantas mudanças, e ainda ser referência nacional?
 

Guto Goffi
Foi uma longa trajetória. Nos momentos mais difíceis, descobrimos que ninguém é insubstituível, e muito menos existe um único herói desta linda história de amor e música. A vida vai mudando para melhor, sempre!

 

Maurício Barros
Apesar das mudanças, o que sempre manteve o grupo unido foi a amizade e o compromisso em não abrir mão da qualidade das músicas. Mesmo perdendo um gigante nas letras, como o Cazuza, e um grande músico e compositor, como Frejat, a banda manteve o nível nas composições, em parceria com grandes poetas também aprimorando nossa forma de escrever e compor para transmitir o que sentimos de verdade. O país e o mundo mudaram muito, e a banda também mudou, para não ficar presa no passado. Sempre buscamos estar atentos ao que acontece ao nosso redor e, através da nossa música, mostrar o que pensamos sobre tudo que sentimos e vivemos. Mas a essência sempre esteve presente. Tudo isso pode ser comprovado nos palcos. Estamos verdadeiramente felizes de estarmos juntos e tocando essas músicas.

 

CONFIRA COMO FOI O SHOW DE ESTREIA COM RODRIGO SURICATO NO CIRCO VOADOR:

 


 

ZINE: Como foi o processo de escolha do novo vocalista?

Maurício Barros
No ano passado, fiz a turnê do Nívea Rock Brasil, que passou por diversas capitais do país com uma banda cheia de craques do rock brazuca. O Rodrigo Suricato fazia parte da banda e convivemos durante o primeiro semestre entre ensaios e shows. Acabamos ficando amigos. Até fizemos uma canção, ainda inédita. Meses depois, com a saída do Frejat, quando o grupo decidiu que seguiria em frente, sugeri o nome do Suricato. E ainda mostrei um vídeo dele tocando e cantando uma música do grupo, gravada num camarim da tal turnê que fizemos juntos. E acrescentei que ele era admirador do grupo e conhecia bem o repertório. Todos aprovaram a ideia e depois liguei pra ele pra fazer o convite. Pra nossa alegria, ele topou na hora. Dias depois, entramos em estúdio pra levar um som e, de cara, tocamos 17 músicas do repertório da banda.

 

ZINE: Rodrigo, como é assumir o lugar de dois grandes nomes da música nacional? Há mais críticas ou elogios? O que o Barão vai ganhar de novo e diferente com você?

Rodrigo Suricato
Um convite com esse peso traz naturalmente muita desconfiança. Quem conhecia meu trabalho achou perfeito e quem não, ficou apavorado. Ouvi muitas críticas antes de ouvirem uma vogal da minha boca ou uma nota da minha guitarra. O rock desperta muitas paixões, as pessoas são atentas mas um pouco radicais. Aguentei firme pois isso não se traduzia na sintonia sonora que sentíamos nos ensaios. Não deu outra: o show de estréia foi um sucesso de crítica e público. Uma explosão. Não é questão de sorte, eu sei fazer o que faço e me identifico com o trabalho. Acho que o principal ganho do barão é ter alguém disponível, com uma certa bagagem, com olhar no futuro, respeito pelo passado e apaixonado por esse repertório. 

 

RODRIGO JÁ ARRISCAVA CANTAR ALGUMAS MÚSICA DO BARÃO EM 2015! ERA PRA SER:
 

 

ZINE: Há planos para um álbum de inéditas com a nova formação do Barão. O disco vem com a sonoridade característica da banda ou com novos elementos?

 

Guto Goffi
Estou muito interessado nesse novo momento de criação de coisas novas, já estou de caneta nas mãos e um big bang de idéias para o novo trabalho. Não espero menos que isso dos outros...

 

Rodrigo Suricato
Sim. Virá naturalmente com nossa intimidade. Todos nós somos compositores e estou curioso com a mistura. Eu só sei ser eu mesmo, portanto, além do rock tradicional acredito que meus elementos acústicos de blues/folk podem trazer outras cores para a banda. 

 

Maurício Barros
Sim, pretendemos lançar material inédito até o ano que vem. Achamos melhor ir pra estrada, para compor juntos, com o maior convívio. Mas é possível que , mesmo antes de lançarmos um disco, já disponibilIzarmos material inédito. Até agora não foi possível por estarmos envolvidos com ensaios para a turnê, mas agora já teremos mais tempo, entre um show e outro, pra entrar no estúdio e gravar algo, com a nova formação.

 

ZINE: O que vocês têm a dizer para acalmar os fãs que ainda estão com dúvidas sobre a nova formação?

Rodrigo Suricato
Que não percam tempo e a oportunidade rara de assistir um autêntico show de rock, com um repertório que é um diamante e com artistas apaixonados no palco. Depois não digam que não avisei.

 

Guto Goffi
Masturbem-se bastante e gozem muito! Isso aumenta as chances deles  serem felizes e gostarem da vida, e também de aceitarem o novo momento de um grupo que bota pra quebrar. O Orixá Barão Vermelho é grande. Ou melhor, Gigante!

 


Barão Vermelho (Foto: divulgação)

 

 

ZINE: Qual é o recado de vocês aos fãs juiz-foranos que estarão no Capitólio assistindo vocês?

 

Rodrigo Santos
Podem esperar um super show com muitos sucessos clássicos da história da banda e algumas músicas que foram escolhidas por nós para representar todos os discos do Barão , sendo sucesso de rádio ou não. O show está impecável e o Circo Voador - show de estreia - foi um astral impressionante . Uma comunhão entre o público e a gente , que transformou esse novo show, num dos melhores da nossa história. E Juiz de Fora será assim também. Contamos com a presença de todos vocês , pra tornar a noite inesquecível. Sim, o Barão voltou! E mais forte do que nunca!
 

Guto Goffi
Juiz de Fora é uma cidade universitária e carrega o futuro do Brasil, isso muito nos interessa. O rock do Barão é a trilha sonora dos últimos 36 anos do Brasil. Acho que as meninas bonitas que estudam História,  não devem perder o show, e podem nos ajudar a levar os alunos de engenharia, direito, filosofia, educação física e outros cursos, nas ondas do rock do Barão.

 

Anota aí: sábado, 13 de maio, no Capitólio, Juiz de Fora presencia mais uma vez o show destas lendas do rock nacional! Logo abaixo você confere todos os detalhes que você precisa saber para confirmar presença neste espetáculo. Palavra de quem já foi: não percam. É de cara nova agora, sem perder a essência que todo mundo ama. #BarãoPraSempre

 

 

🎥 SERVIÇO: Barão Vermelho no Capitólio

📅 Quando: 12/05

⌚ Horário:  22h

📍 Onde: Capitólio (Av. Deusdedith Salgado, nº 4088 | Salvaterra)

💸 Ingressos: Compre no Zine Cultural com promoção exclusiva: 50 barão! 

💻 Site: http://www.barao.com.br/

👍 Facebook: @baraovermelhooficial

_INSTINHA.jpg Instagram: @baraovermelhooficial

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade