Entrar
Clique aqui para entrar

Juiz-forano conquista 1° lugar no Prêmio Nabor - Zine Cultural

Blog

Caetano Brasil, de Juiz de Fora, conquista 1° lugar como instrumentista do Prêmio Nabor

Por: Marcela Viana

No dia três de maio de 2019, na cidade de Indaiatuba, em São Paulo, a estrela do clarinestista e compositor Caetano Brasil, de Juiz de Fora, brilhou mais do que a de outros nove músicos, que competiam pelo 18° Prêmio Nabor Pires Camargo. Caetano conquistou o primeiro lugar como melhor instrumentista da disputa. 

 

Caetano Brasil Juiz de Fora
Caetano, que se apresentou com seu grupo, garantiu o 1º lugar do o 18° Prêmio Nabor Pires Camargo, em premiação solo (Foto: divulgação)

 

O Prêmio Nabor Pires Camargo foi criado em homenagem ao clarinetista de nome homônimo que, além de músico, era professor e autor. O objetivo da premiação é expandir o conhecimento sobre a obra do compositor e fomentar o cenário da música popular brasileira. O primeiro lugar da competição saiu com a bolada de 8 mil reais e o coração preenchido de #gratidão (essa segunda parte é só uma suposição minha mesmo!).
 


Caetano Brasil Juiz de Fora
O clarinetista Nabor Pires Camargo, pessoa que inspirou a criação do Prêmio Nabor (Foto: Portal Luis Nassif)


No Prêmio Nabor, o músico se apresentou ao lado da sua banda, que toca em conjunto desde 2013. Caetano Brasil & Grupo é constituído por Guilherme Veroneze no piano, Adalberto Silva no baixo, Gladston Vieira na batera e Caetano Brasil no clarinete. Confira uma palinha da banda no vídeo abaixo e a agenda de shows.

 

 

Agenda de shows


Caetano Brasil Juiz de Fora


 

Prêmio BDGM Instrumental 2019


No final de semana dos dias 18 e 19 de maio de 2019, o artista Caetano Brasil e banda (Guilherme Veroneze, Adalberto Silva e Gladston Vieira) concorreram ao prêmio BDGM Instrumental 2019 - concurso que prestigia compositores e arranjadores de música instrumental em Minas Gerais. 

Caetano, que se apresentou com músicas autorais e com arranjos de canções populares brasileiras, como a "Um a Zero" do Pixinguinha, foi consagrado como melhor instrumentista da edição. Outro artista vencedor foi o Felipe Continentino, belo-horizontino que toca bateria. Confira os premiados: 


Compositores Vencedores: Rafael Martini, Lucas Telles, Marcus Abjaud e Marcela Nunes.
Melhores Instrumentistas: Caetano Brasil (Clarinete) e Felipe Continentino (Bateria).
Melhor Arranjador: Rafael Martini com a música "Meditação".

 


Caetano Brasil e Felipe Continentino (Foto: Bendita Conteúdo)

 

Caetano Brasil Juiz de Fora
Lucas Telles, Marcela Nunes, Marcus Abjaud e Rafael Martini (Foto: BDGM Cultural)

 

Caetano, que carrega o nome da nação em seu sobrenome, leva a beleza das composições brasileiras para o público e mostra para as pessoas uma parte tão rica da nossa história: a nossa música. O que você mais gosta de ouvir made in Brasil?

 


 

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade