Entrar
Clique aqui para entrar

6 curiosidades sobre os 156 anos da Cervejaria Barbante! - Zine Cultural

Blog

6 curiosidades sobre os 156 anos da Cervejaria Barbante!

Por: Tainá Voltas

Juiz de Fora possui grandes marcos, você sabia? Um deles coloca a região como principal vetor de divulgação da cultura germânica no Brasil! É isso mesmo, a cidade foi o berço da primeira cervejaria de Minas Gerais, fundada em 1861 por moradores da colônia alemã instalada há alguns anos no município. Era a Cervejaria Barbante, que sim, existe até hoje!! Na próxima quarta-feira (16/08), o local comemora os 9 anos da reabertura oficial da casa e é você quem ganha o presente: #descubra 6 CURIOSIDADES DA CERVEJARIA BARBANTE no decorrer desse #BlogZine especial e delicie-se com o sabor da história! Hast du Bock?*


*Gíria alemã que quer dizer “estar afim, topar”. A gíria se aproxima curiosamente de uma brasileira, porém em seu sentido inverso: enquanto “estar de bode” para os brasileiros significa não estar afim, para eles, significa o contrário.

 


Fachada da Cervejaria Barbante. Foto: Divulgação

 

1) O começo da Cervejaria Barbante 


Tudo começou no final do século XIX com a imigração alemã para Juiz de Fora. Os alemães haviam chegado ao Brasil para trabalhar na construção da Estrada União Indústria, que ligava o Rio de Janeiro a Minas Gerais e, com o término da obra, passaram a procurar por locais para morar definitivamente. Foi então que os bairros São Pedro e Borboleta, por terem condições de clima e geografia favoráveis, passaram a ser o berço da colônia alemã em JF.  


Já instalados e com o intuito de conservar as tradições e costumes da terra natal, os alemães começaram a se reunir em bosques aos domingos, onde as famílias se encontravam e colocavam em prática os jogos germânicos tradicionais como bocha, maia, cricket, etc, além de cozinharem em conjunto e degustarem as cervejas produzidas por eles próprios.

 


Foto: divulgação


Assim, em 1861, nasceu a Cervejaria Barbante fundada pelo imigrante alemão Sebastian Kumz, tataravô do atual proprietário Pedro Peters. A cervejaria funcionou durante anos no mesmo local onde, atualmente, também está o Barbante, mas após o falecimento de Her Kumz permaneceu fechada por mais de um século! Em 2007, seu tataraneto, Pedro Peters, começou a investigar a história cervejeira da família e encontrou fragmentos das receitas de cerveja, refrigerantes, biscoitos e pães feitos à base de malte! Era o começo da nova era Barbante.


Pedro Peters, de forma despretensiosa, começou a produzir cerveja para consumo próprio a partir disso. Mas, aos poucos, a notícia se espalhou entre amigos e as festas fechadas também. Com a cerveja já em mãos, faltavam os petiscos para tudo ser perfeito. Nesse momento, o chef de cozinha recém-chegado da Europa, Augusto de Santo, fez uma proposta de um cardápio que ia muito além dos tira-gostos... havia influências da cozinha francesa, pratos inovadores, saborosos e bonitos. Em pouco tempo, e sem querer, a farra entre amigos foi virando negócio e, em 16/08/08, a Cervejaria Barbante foi oficialmente inaugurada e reaberta ao público em geral.


Naquela época, o consumo de cerveja artesanal ainda era visto com muito preconceito pelo público juiz-forano, mas com a fidelidade de produção do Barbante, ao vender exclusivamente cervejas feitas na casa, esse perfil foi mudando aos poucos.

 


Produtos Barbante. Foto: Divulgação

 

2) As tradições germânicas que permanecem no local


A tradição germânica mais forte e incontestável do Barbante é a própria produção de cerveja. A Cervejaria é uma das mais antigas do país e, na época, proporcionou à Juiz de Fora uma grande visibilidade nesse cenário. A cidade contou com mais de 09 cervejarias simultaneamente, dentre as quais a Cervejaria Weiss, do saudoso José Weiss, foi a maior de JF e a que durou mais tempo.


Além da produção de cerveja, a Cervejaria Barbante utiliza a antiga receita de pão de malte, encontrada nos pertences da família, para produzir os pães que acompanham diversas porções servidas na casa. O chucrute, o croquete, o strudel (Apfelstrudel - folhado de maçã), permanecem no cardápio da casa, que também utiliza ingredientes tipicamente alemães em pratos como eisbein (joelho de porco), salsichão, entre outros.

 


Tradicional pão de malte da casa. Foto: Divulgação

 

3) A origem do nome Barbante


Na época de Sebastian Kumz, tataravô do atual proprietário da Cervejaria Barbante, as cervejas eram produzidas de maneira bastante artesanal e rudimentar. As mesmas não eram pasteurizadas, o que, por consequência, gerava um processo de refermentação dentro da garrafa, produzindo CO2 em excesso e fazendo com que a rolha de cortiça (já que não existiam as rolhas metálicas atuais) saltasse da garrafa. Para evitar este fato, as rolhas eram amarradas com barbante. Daí surgiu o apelido cerveja do barbante.

 


Exemplo de barbante para segurar as rolhas das cervejas antigas

 

4) Os principais marcos da Cervejaria Barbante



Ago/2008 - Reinauguração da Cervejaria
 

  • produção média de 500 litros/mês. Equipamento: panelas de alumínio (50 litros) | Método de produção: caseiro.

 

Out/2008 - Primeira ampliação

 

  • produção média de 500 litros/mês. Equipamento: panelas de alumínio de 80 litros | Método de produção: caseiro.

 

Jul/2009 - Segunda ampliação
 

  • produção média de 1.000 litros/mês. Equipamento: 2 equipamentos compostos por panelas de alumínio de 80 litros | Método de produção: caseiro.



Jul/2011 - O grande salto

 

  • Formalização da empresa e registro nos órgãos competentes - produção totalmente legalizada.
     
  • Ampliação da capacidade produtiva: 5.000 litros/mês
     
  • Equipamento: conforme legislação pertinente, equipamentos em aço inoxidável (segurança alimentar, padronização), automação dos processos, tinas de fervura de 500 litros.

 

Jul/2014 - Quarta ampliação
 

  • Ampliação da capacidade produtiva: 10.000 litros/mês

 


Produção Barbante. Foto: Divulgação

 

5) O foco atual da Cervejaria Barbante


A Cervejaria Barbante tem como foco a valorização da cerveja como instrumento de resgate de uma história e fortalecimento de uma cultura, que estava ficando esquecida pelos juiz-foranos. Por este motivo, o local tem preferido que a degustação das cervejas Barbante seja realizada apenas em seu próprio espaço, onde o cliente tem uma experiência que vai além da simples degustação e faz com que ele se insira no mesmo ambiente, no mesmo bosque e na mesma antiga construção onde funcionou, há 156 anos, a primeira cervejaria de Minas Gerais. 


O Barbante, hoje em dia, é um espaço cultural e gastronômico, composto por diferentes ambientes, com diferentes propostas, agregando atividades culturais como exposições e cursos, entretenimento de qualidade com atrações diurnas nos festivais e os tradicionais shows de quarta à sábado a noite. 

 

 

6) A era das novidades Barbante

 

  • A Trattoria Barbante: inaugurada há um mês, é uma casa de massas, pizzas e risotos, que, além da harmonização com as cervejas Barbante, traz para Juiz de Fora os premiados vinhos mineiros. A ideia dessa área é sempre visar a valorização da produção em pequena escala, do produto que tem história e alma, e o reconhecimento da qualidade do terroir de Minas. É um espaço independente, pequeno e aconchegante, que fica dentro do bosque da Cervejaria Barbante, e funciona de quarta à domingo, a partir das 19h.

 

  • No início da primavera, o Barbante se prepara para inaugurar a Maria Fumaça Café, um espaço que funcionará a partir das 16h, com a proposta de servir um típico café colonial mineiro, regado à boa música, ao meio da natureza e no frescor do clima ameno da Cidade Alta.

 

  • Estes ambientes formarão o Sítio Gastronômico Barbante! Além desses novos espaços, o local continuará com os eventos esporádicos como festivais de música e cerveja, exposições de fotos antigas, cursos, dentre outras expressçoes artísticas. 

 

 

Gostou de descobrir um pouco mais sobre a história da Cervejaria Barbante e de Juiz de Fora? Então se liga no recado do atual dono, Pedro Peters, sobre o que é ser Barbante:
 

"Em resumo, o Barbante significa cerveja feita com amor e história, valorização da cultura cervejeira da cidade, dedicação e muito trabalho para oferecer aos nossos clientes amigos uma experiência agradável e prazerosa, junto de seus companheiros e familiares! Pedro Peters, atual proprietário da Cervejaria Barbante.

 

E para comemorar os 9 anos da reabertura da marca no evento de amanhã (16/08), é só conferir os detalhes abaixo: 

 

🎥 SERVIÇO: 9 Anos da Cervejaria Barbante

📅 Quando: 16/08

⌚ Horário: 20h

📍 Onde: Cervejaria Barbante (Avenida Senhor dos Passos, 1585 - São Pedro)

💸 Promoção ativa: CLIQUE AQUI!

👉 Facebook: https://www.facebook.com/cervejariabarbante/

📸 Instagram: @cervejariabarbante

🍾 Beba com moderação. Se beber, não dirija! Vá de táxi.



Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade