Entrar
Clique aqui para entrar

Curtas-metragens de Minas Gerais fora do papel! - Zine Cultural

Blog

Como fazer curtas-metragens de Minas Gerais saírem do papel ainda neste ano!

Por: Tainá Voltas

Alô, você sonha em botar aquela sua ideia de curta-metragem para rodar? E o melhor, com investimento já separado? Então se liga. O Polo Audiovisual da Zona da Mata, responsável pelo fomento dessa área no estado, lançou o novo concurso regional de apoio à produção de curtas-metragens de Minas Gerais, por meio do 4º Edital Usina Criativa de Cinema, que já foi sucesso em 2016, 2017 e 2018, e agora tem inscrições abertas até o dia 23 DE JUNHO. Entenda: 

 


O Polo Audiovisual da Zona da Mata é o responsável pelo concurso de apoio aos curtas de 2019!

 

Para quem o concurso é indicado? 


O 4º Concurso de Apoio à Produção de Curtas-Metragens, Usina Criativa, é dirigido à realizadores e produtores de audiovisuais residentes na área de abrangência da empresa ENERGISA MINAS, patrocinadora da iniciativa. O projeto deve ser inédito.

 

Como funciona? 


O Edital integra as ações do 7º Festival Ver e fazer Filmes, que seleciona 04 propostas de obras audiovisuais de curta-metragem, inéditas e originais, que vão ser filmadas em cidades e distritos da Região, envolvendo equipe técnica e artística local. Os contemplados vão receber recursos financeiros e consultorias técnicas especializadas em todas as fases de produção.
 

👉 O resultado do edital será divulgado no dia 25 de julho;


👉Os filmes produzidos vão ser lançados durante a realização do 7º Festival Ver e Fazer Filmes, nô mês de novembro, em Cataguases/MG.
 

👉 As obras vão concorrer  a prêmios em diversas categorias, pelo júri técnico e júri popular.

 


Filmagens promovidas pelo Polo Audiovisual da Zona da Mata. (Foto: Divulgação)

 

Quais os diferenciais do Concurso? 


O projeto mantém o aporte financeiro de R$ 30.000, como no último ano, para  4 selecionados nas Chamadas Criativas, além de oferecer um parecer técnico a todas as propostas enviadas, mesmo as não contempladas com o recurso. 

"Nosso edital agrega aprendizados e melhorias aos projetos, oferecendo inúmeras consultorias como direção, produção, roteiro, direção de arte, fotografia, som, edição e distribuição. Outra ação especial, o parecer apresentado pela comissão de seleção a cada concorrente, com uma análise sobre seu projeto, é um dos aspectos mais relevantes. Emitido para todas as propostas, inclusive as não selecionadas, esse parecer aponta os aspectos positivos e negativos do projeto. Assim, o concorrente pode reescrever seu projeto e apresentá-lo na edição seguinte, ou em outros editais existentes no país”. Marcos Pimentel, coordenador do edital e diretor de formação do Polo Audiovisual

 


Equipe em set de filmagem pelo Polo Audiovisual da Zona da Mata Mineira. (Foto: Fabiola Lima)

 

Como nos anos anteriores, um quinto filme será selecionado na categoria Realizador-Convidado, com a participação de um profissional de reconhecida experiência no campo audiovisual, que irá mobilizar uma equipe local em sua produção.

A equipe que compõe o júri para a seleção dos curtas é formada por profissionais diferentes em cada edição da Chamada Criativa, o que permite um novo olhar em relação às propostas apresentadas. E ainda, esses profissionais são de outras cidades do país, sem relação direta com os realizadores da Zona da Mata mineira.

 


Equipe de um dos curtas selecionados no edital de 2018 - Cangaceiro Maralonso - em set de produção. As filmagens foram realizadas em julho, em distritos rurais de Ubá e de Tocantins, com uma equipe de cerca de 30 pessoas, entre equipe técnica, figurantes e colaboradores. (Foto: Igor Freitas e Isabela Souza)

 

Como faço para me inscrever? 


O Edital está disponível no site http://www.poloaudiovisual.org.br com todas as orientações sobre as condições de participação.
 

  • Edital Usina Criativa de Cinema 2019 - inscrições abertas de 24 de maio a 23 de junho.
     
  • Seleção dos contemplados - a cargo de uma comissão técnica composta por profissionais do cinema de outras regiões do país - com resultado em 25 de julho. 

     

 

Sobre o Festival Ver e Fazer Filmes


O Festival Ver e Fazer Filmes - Usina Criativa de Cinema é uma iniciativa do Instituto Cidade de Cataguases. É uma parceria com a Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais, o Instituto Fábrica do Futuro, a Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho, o Consórcio Intermunicipal de Cultura e o Sebrae-MG. O patrocínio é da ENERGISA MINAS, por meio da Lei de Incentivo à Cultura da Secretaria de Estado da Cultural de Minas Gerais.

 


6º Festival Ver e Fazer Filmes em 2018. (Foto: Divulgação)

 

Sonha em colocar a sua produção, o seu roteiro ou a sua ideia no ar? Essa é a sua chance! Não perca as datas de inscrição e participe do edital que vai selecionar 5 roteiros de curtas-metragens de Minas Gerais! 


Para se inscrever: CLIQUE AQUI!

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade