Zine Cultural
Entrar
Voce está em: Zine Cultural > Blog > Da Redação > 5 filmes nacionais para assistir agora

Blog Zine

19
Jun
2017

5 filmes nacionais para assistir agora

Por: Tainá Voltas

// Categoria: Da Redação

É hoje, cinéfilos de plantão!! Sabe o que? O Dia do Cinema Brasileiro!! Olha que delícia 😍Mesmo com o cinema nacional crescendo cada vez mais, ainda tem muita gente por aí que insiste dizer que as filmagens daqui perdem para as realizadas nos Estados Unidos, França e outras regiões. Sim, isso infelizmente ainda acontece. Mas o Zine foi atrás do Mateus Borges, fundador e editor-chefe da página 365 Filmes aqui de Juiz de Fora, para indicar 5 filmes nacionais para você assistir e abandonar -de vez- o discurso de que no Brasil não tem cinema! 


Mateus Borges. Fundador da 365 Filmes

 

1) O Pagador de Promessas (1962)


Adaptado da peça de mesmo nome do autor Dias Gomes, “O Pagador de Promessas” é uma das obras indispensáveis da cinematografia brasileira. Através de uma história aparentemente simples, o filme levanta inúmeras questões atemporais da sociedade brasileira, respirando nossa cultura em sua pluralidade de expressões e miscigenação. O filme recebeu o prêmio principal do Festival de Cannes de 62 - a Palma de Ouro - e permanece como o único brasileiro a conquistá-lo.

Imagem retirada da Internet

 

 2) Vidas Secas (1963)


Grande clássico da literatura, “Vidas Secas” ganhou uma adaptação cinematográfica à sua altura, com direção de um dos mais importantes cineastas de nosso cinema, Nelson Pereira dos Santos. Com claras influências do movimento neorrealista italiano, a força desoladora e a crueza das imagens obrigou a equipe do filme a levar a cadela Baleia ao Festival de Cannes (onde concorreu em 64), para mostrar que ela não havia sido maltratada durante as filmagens.

Imagem retirada da Internet
 
3) Terra Estrangeira (1996)
 
Alguns anos antes de “Central do Brasil”, Walter Salles e Daniela Thomas nos trouxeram o poético “Terra Estrangeira”, uma coprodução Brasil/Portugal. O filme se passa nos anos 90, em meio a crise da era Collor. Paco, após a morte da mãe, decide viajar para Portugal e se envolve em um esquema de contrabando. A inquietante sensação de não pertencimento em uma terra estrangeira dá o tom do filme, que além de ser visualmente primoroso, é abraçado pela voz de Gal Costa e seu ‘Vapor Barato’.
 
Imagem retirada da Internet 

 

4) O Palhaço (2011)


Além de seu talento como ator, Selton Mello também mostra habilidade na direção. “O Palhaço” é seu segundo longa como diretor, e narra a crise de um palhaço que acredita ter perdido a graça. “Eu faço todo mundo rir, mas quem é que vai me fazer rir?”. A curiosa premissa, por si só, já garante a indicação. Selton comentou que o filme surgiu de uma crise vivida em sua carreira em 2009. 
 

 

 

5) Que Horas Ela Volta? (2015)


Logo que começou a ser exibido em festivais internacionais, “Que Horas Ela Volta?” chamou atenção do público e da crítica, rendendo inúmeros prêmios mundo afora. De sensibilidade ímpar, a obra gera grande reflexão e empatia nos espectadores, levantando questões essenciais da estrutura social brasileira. O longa de Anna Muylaert deu novo fôlego ao cinema nacional, que vive uma de suas melhores fases.
 


 

Viu como tem muita coisa boa produzida por aqui? Que tal chamar a galera e colocar essa lista em dia? 😜

Comente!


Mais Blog

Publicidade

Local

Precisa entrar em contato com alguma casa noturna, restaurante, bar ou hotel? O Zine pode te ajudar com o cadastro dos locais!

encontre o que você procura:

ZINECULTURAL NO INSTAGRAM

Publique sua foto no Instagram com a hashtag #ZineCultural e apareça aqui!

Publicidade

ZINE MANIA NA BAGAGEM

Publicidade

Zine Shop

Imóveis em destaque


(32)4009-8611