Entrar
Clique aqui para entrar

Etcoetera lança nova música e CD - Zine Cultural

Blog

Etcoetera lança nova música e CD

Por: Tainá Voltas

Juiz de Fora é uma cidade cultural! Uma revolução constante de música, dança, arte, estilos, moda, e de tantos outros segmentos. Muita gente deixa sua constante contribuição para esse retalho de diversidade e, consequentemente, riqueza! É uma região do barulho! Neste mês (junho), uma das bandas da cidade está nos preparativos para o lançamento de mais um trabalho autoral e o Zine não deixou escapar a oportunidade de acompanhar esse trampo! 


Etcoetera une estilos diferentes e leva seu som para diversas outras regiões. Na estrada já com um CD (Céu Grande, 2014), a banda mandou avisar que esse ano promete e, se você acompanha o trabalho deles, vai gostar de saber detalhes sobre os planejamentos e novas produções. Pra isso, é só dar uma olhada na entrevista exclusiva que Daniel Morais, Eduardo Fávero, Felipe Balut e Vinícius Ferreira deram para o Zine! Antes disso, dê o play e deixe sua leitura ainda mais interessante! ;)


ZINE: Quais são os desafios em montar um projeto autoral?
Etcoetera: O principal desafio é disseminar a sua música, uma vez que ela ainda não é conhecida. Então, é um processo longo e lento, que exige paciência até as canções chegarem para as pessoas da maneira que você pensou. Para banda em si, o que realmente importa, é definir dentro desse projeto autoral o que agrada. Ou seja, um caminho que a gente consiga seguir e que seja original, da banda. Aquele que traz as influências de cada um do grupo.


Z: Vocês irão lançar uma nova música no final do mês, o que ela traz da banda? O que vocês podem adiantar para nós?
Etcoetera: Essa música é o início de um trabalho que pretendemos realizar até o final do ano.  Queremos gravar o segundo CD. Só não sabemos se o lançamento acontece nesse ano ou no próximo, porém até o início do ano que vem isso acontece. A nova música de trabalho traz a sensibilidade musical que estamos trabalhando no momento, com a ideia de misturar para descobrir, encontrar a originalidade do nosso som. Inclusive, a letra fala sobre a liberdade pessoal, sobre não se sentir preso ao conceito que as pessoas fazem de você, nem ao que impõe. Trazemos isso para musica de uma forma bem leve, falamos do quanto somos livres para poder viver e deixar fluir. Nessa música vamos lançar também o primeiro clipe da banda. Vai ser um material bem legal.


Z: Como vocês definiram o estilo da banda, já que ele mistura MPB, reggae e algumas outras vertentes?
Etcoetera: Essa mistura de estilos é muito importante para definir a identidade do projeto autoral que a gente quer. Na banda, gostamos de estilos musicais diversos e respeitamos outros que às vezes nem temos tanto hábito de ouvir, mas quando escutamos temos muito interesse. A gente tenta trazer isso para o nosso trabalho. Por isso temos como referência desde Gilberto Gil, Djavan, MPB, músicas dos anos 90, reggae internacional, rock progressivo, até o samba. Queremos sempre que acrescente  e que  seja sincero.


Z: O que mudou da Etcoetera do começo para a de agora?
Etcoetera: O que mais mudou para banda é que a aprendemos cada vez mais e enxergamos que isso é constante. Coisas que achávamos impossíveis, inviáveis, hoje conseguiram aplicar na nossa rotina.  O caminho é esse, continuar aprendendo sempre. 


Então já sabe, fica ligado porque esse mês tem lançamento na área! E você ainda pode conferir o show da banda no dia 10 de junho, no Cultural Bar! Para outros detalhes do evento, é só clicar AQUI! Parabéns Etcoetera! ;)

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade