Entrar
Clique aqui para entrar

Corpão Sarado - Zine Cultural

Blog

Corpão Sarado

Por: Letycia Cardoso

Janeiro chegou e já está mais que na hora de cumprir os planos que você fez na virada, entre eles melhorar seus hábitos para ter uma vida saudável, né? Chega de stress, comer porcaria e deixar que a cama te impeça de ir à academia.

Já sabemos que o ideal é comer de três em três horas e ter uma dieta balanceada com frutas, legumes e fibras. Mas e os exercícios físicos? Você não precisa querer ter um corpão sarado e uma barriga de tanquinho, mas mesmo assim eles são fundamentais para manter uma vida saudável.

O professor da Fibra Technofit, Fernando Rodrigues, deu algumas dicas para você adotar um novo estilo de vida e nós, do Zine, separamos alguns funks para você entender tudo direitinho.

1) Não para, não para, não para não!

"É importante que se tenha uma continuidade nos treinos e o mínimo recomendado pelo Colégio Americano de Medicina Esportiva (entidade de maior importância no meio cientifico relacionado ao exercício físico) são três vezes por semana. As pessoas que 'não possuem tempo', não precisam se preocupar, pois de 30 a 40 minutos de exercícios são possíveis para resultados fisiológicos importantes."
 

2) É o bonde da maromba, é o bonde da maromba

Você não precisa fazer musculação se sua preocupação é uma melhora de condicionamento físico, aumento de metabolismo ou ainda gasto energético, já que as atividades aeróbias são excelentes opções, que por estimularem muitos músculos, provocam o enrijecimento dos músculos mais utilizados nestas atividades.
Entretanto, se o objetivo é ganhar massa magra (musculatura), a musculação é a atividade ideal: "a musculação é considerada a melhor atividade para tal resultado. Mas existem outras que estimulam este tipo de resultado e têm como fator motivacional muito importante o dinamismo, além de resultados muito significativos. São exemplos: atividades como o treinamento suspenso (conhecido como TRX) ou o treinamento funcional, que são utilizadas como atividades coletivas (aulas).

3) Veja bem, para depois não chorar...

Você também não pode ser um descontrolado e querer manter os exercícios mesmo lesionado. Isso só piora a situação e compromete seu desempenho. "Depois não diga que eu não te avisei!"

O professor Fernando Rodrigues explica como agir durante o processo de recuperação: "Inicialmente deve-se identificar qual o grau da lesão (crônica, aguda, se possui inflamação...), e, posteriormente, junto a um educador físico, e ainda com o auxílio de um profissional da área de saúde (fisioterapeuta, ortopedista), deve-se buscar os melhores exercícios para uma reabilitação, fortalecimento e proteção da lesão."

"Porém, dependendo do tipo de lesão, o corpo não precisa de um repouso absoluto, podendo praticar atividades que não utilizem aquela região afetada. Por exemplo, uma lesão no cotovelo pode não impedir uma pessoa de praticar corridas na esteira, ou aulas de spinning; bem como lesões no joelho, podem não afetar a prática de musculação para membros superiores."
 
  4) Olha, cê me faz tão bem

Para não permitir que você faça exercícios por apenas três meses, é preciso escolher como atividade algo que você goste. "A conscientização da importância da prática, bem como traçar metas alcançáveis é fundamental. Mas acima de tudo, procurar atividades que o indivíduo se identifique, mesmo que não seja a atividade considerada a que tenha o melhor resultado, mas a que ele se sinta bem. Pois assim, será mantida uma continuidade e resultados positivos (que trazem maiores motivações)", comenta Fernando Rodrigues.
 

5) Sensação... Já é sensação!


"Exercícios dinâmicos que tragam a junção de atividades neuromusculares (trabalhem as musculaturas) e um treinamento cardiovascular (condicionamento) ao mesmo tempo, atividades como aulas circuitados Treinamento Suspenso (TRX) ou Circuitos Funcionais são a sensação de 2014! Não podemos nos esquecer das lutas. Além disso, algumas atividades também, nunca saem da moda, justamente por manterem seus resultados positivos, como Spinning, Jump, Local e Dança."

Agora você já sabe a resposta que vai dar quando perguntarem "O que tu ta fazendo pra manter esse corpinho", né?

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade