Entrar
Clique aqui para entrar

E eu que curto indie? - Zine Cultural

Blog

E eu que curto indie?

Por: Tainá Voltas

Como o Zine disse há algum tempinho na matéria "6 Momentos em que JF Merece o Botão Gratidão", Juiz de Fora se destaca bastante na produção musical. A cena autoral é forte, tem banda e grupo de diversos estilos e todos com vontade de fazer dar certo! Aqui, você com certeza vai achar a sua galera e a vertente que mais mexe contigo, é tudo questão de pesquisa e contexto! A partir de agora, você conhece uma dessas possibilidades e olha, ela promete! Já ouviu falar da Frickets?

A banda de indie rock surgiu há dois anos, mas constrói a sua história desde que dois dos integrantes eram bem mais novos e se aventuravam nos solos de guitarra pela escola. Rodrigo Almeida (vocal e guitarra) e Marco Zambelli (guitarra) resolveram levar essa paixão de ensino fundamental para um evento de faculdade e de lá, não pararam mais. Equação da boa: Apresentação despretensiosa no Sarau da Faculdade + galera curtindo + sensação de que era preciso fazer aquilo de novo = rola uma banda, hein?! Assim, a Frickets nasceu e hoje tem uma formação de responsa com mais dois integrantes: Adam Rocha (bateria) e Lorhan Campos (baixo).

                                           Marco Zambelli, Rodrigo Almeida, Adam Rocha e Lorhan Campos. Foto: Divulgação

O Zine aproveitou o show que os meninos fazem nesse domingo (10/07), no Route 66, para bater um papo exclusivo com eles! Não deixe de conferir na íntegra, pois têm MUITAS novidades da apresentação e dos projetos que virão nesse segundo semestre. Para ficar ainda melhor, dê o play na música abaixo e leia a entrevista com o som dessa galera! 


Zine: Qual a história por trás do nome Frickets?
Sempre fomos envolvidos com a questão da defesa dos animais! Lutamos e fazemos nossa parte, é muito gratificante. Dentro disso, sempre tivemos uma queda por gatos e foi em uma das ações de ajuda a abrigos destes animais, que o nome surgiu. Um dos participantes desta feira de adoção de gatos escreveu "free cats" (gatos grátis) em um papel, e achamos que esse conjunto de palavras era muito bom para o nome de uma banda. O único porém, era que "free cats" estava muito americanizado, então pensamos em dar um toque diferente, criar uma palavra nossa. Saiu Frickets!


Zine: Por que indie rock?
Desde o primeiro momento, a banda já tinha uma identidade, já sabíamos o que queríamos e isso era: fazer música, compor. Gostávamos do autoral! Então, para criar o nosso estilo, o nosso 'eu', sempre buscamos ouvir muita coisa como o indie, rock clássico, bossa nova, entre outros estilos. Nisso de conhecer vários ritmos, tivemos contato com o indie, que se conectou com a nossa identidade e com a mensagem que queríamos passar. Começamos com o indie rock
, mas não só ele, ele sim como nosso estilo principal, porém sempre influenciado por todos os outros que sempre ouvimos e gostamos. 

                                                    Evento desse domingo. Clique na foto e saiba a programação completa!

Zine: As composições da banda são feitas em inglês. Por qual motivo? 
Quando compomos, colocamos os nossos sentimentos, frustrações e anseios mais profundos na letra. Ninguém gosta de fazer um som só para vender, algo que não tenha significado ou sentido algum para quem escreve. Precisamos mostrar a nossa verdade na escrita. Mas, falar dessa nossa verdade é uma coisa muito íntima, séria e profunda. Falar dela na nossa língua nativa então, faz com que fiquemos ainda mais expostos. Então, o inglês vem como uma forma de nos expressarmos, sem mostrar que estamos nos abrindo tanto assim, que estamos nos expondo dessa maneira e falando de todos os nossos sentimentos!


Zine: Tem coisa nova vindo aí? 
Tem sim! Serão apresentadas duas músicas novas nesse show de domingo, no Route 66, nunca antes tocadas! Elas serão parte do nosso EP, que é o nosso maior projeto no momento e que será lançado até o final do ano! A gente espera para essas canções, a mesma receptividade que o público demonstrou com as demais músicas lançadas anteriormente. Sempre foi muito satisfatório ver como a galera recebe as autorais... É nesse momento que a gente vê como está valendo a pena!

E aí, curtiu? Que tal conferir o som dessa galera ao vivo e ainda conhecer as duas novas músicas que serão lançadas por lá? Para outros detalhes do evento, é só clicar AQUI e acessar agenda completa do ZineCultural ;)

"A Frickets surgiu para que gente pudesse escrever a nossa verdade"! (Rodrigo Almeida) 

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade