Entrar
Clique aqui para entrar

Paixão pelas palavras - Zine Cultural

Blog

Paixão pelas palavras

Por: Talita Scoralick

Marina Colasanti tem mais de 50 obras publicadas e acumula diversas títulos, entre eles o de poeta, ilustradora, tradutora, contista e autora. Em Juiz de Fora nesta quinta-feira (26) para participação no  “Sesc Literatura”, ela revela ao Zine o que a faz seguir em frente: a paixão por todas essas atividades, tendo a própria vida com inspiração. 
A autora nascida na África e trazida pela família italiana para o Brasil aos 11 anos, tem formação em Belas Artes e ingressou cedo no jornalismo, trabalhando durante 11 anos no Jornal do Brasil e 18 anos em revistas femininas.
Fotos Divulgação
Quando exatamente a paixão pelas palavras surgiu e você percebeu que era disso que queria viver? 
A paixão pelas palavras surgiu assim que comecei a falar. Mas demorei algum tempo para descobrir que seriam meu ganha pão e minha mais constante alegria. Isso só aconteceu quando eu já era cronista do Jornal do Brasil, lá pelos vinte e tantos anos.
Você é poeta, ilustradora, tradutora, contista, autora, entre diversas outras funções, como mãe e mulher. Certa vez, afirmou em entrevista que na sua vida não havia rotina. Como consegue conciliar tudo isso?
Conciliando, indo com paixão de uma a outra atividade, sem atropelar. É que nem no trânsito,  vai-se em frente, com cuidado.
O que te inspira?
A vida, a vida, a vida.
Nessas mais de 50 obras publicadas, qual você mais se orgulha?
Eu me orgulho do conjunto. Nessa altura do percurso, nenhum dos meus livros está solto no espaço,  cada um deles é uma peça da construção literária que me proponho. Embora pareça fragmentado, meu trabalho é absolutamente consequente.
Qual o conselho você dá para jovens escritores e amantes da literatura?
Acho isso de dar conselhos muito pretensioso. Mas a um jovem convém saber que é prudente ter uma outra atividade que o sustente, e que não necessariamente o desvie de sua área. E que é sempre bom preparar-se para não ser aclamado gênio ao despontar, ou mesmo adiante. Escritores há muitos, e felizmente o mercado tem lugar para eles, mas gênios são raríssimos.
 
O “Sesc Literatura” acontece nesta quinta-feira (26), às 20h com entrada gratuita. A distribuição de senhas é feita duas horas antes do evento no Teatro Pró-Música.
Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade