Entrar
Clique aqui para entrar

Conheça o brasileiro que foi de carona até o Alasca - Zine Cultural

Blog

O novo Supertramp: brasileiro revive Na Natureza Selvagem e vai de carona até o Alasca!

Por: Anderson Ferreira

Topa embarcar em uma aventura com a gente? Eu sou Anderson Ferreira, aprendiz de mochileiro e jornalista do Zine Cultural, neste conteúdo eu vou te contar a história do brasileiro que foi parar no Alasca (DE CARONA)! 😮

Gabriel Dias da Silva, 26 anos, nasceu no interior de São Paulo, mas morou a maior parte da vida em Mato Grosso. Próximo aos dezoito anos de idade, decidiu fazer uma viagem pelo Brasil e percorreu mais de 100 mil quilômetros entre vinte estados. 

Dizem por aí que viajar vicia, verdade ou não, foi o que aconteceu com Gabriel. Em 2017, o brasileiro resolveu largar tudo para percorrer as Américas até chegar ao Alasca. Seria outro jovem que se inspirou na história real de Christopher McCandless exibida no filme "Na Natureza Selvagem" (Into the Wild)?   

 

 

Tendo o Perú como ponto de partida, Gabriel Dias seguiu seus planos, que durariam cerca de três anos até chegar ao seu destino final. Uma mistura de aventuras, perrengues, caronas e felicidade fez parte do dia a dia do mochileiro, que percorreu as Américas do Sul e Central até cruzar a fonteira com os Estados Unidos. Em dezembro de 2019 Gabriel chegou ao Alasca. 

 


(foto: arquivo pessoal)

 

No início de 2020, devido à pandemia decorrente do novo coronavírus, o mochileiro resolveu seguir rumo ao famoso Magic Bus, o ônibus abandonado em que Christopher McCandless viveu por semanas. O objetivo de Gabriel era passar a quarentena por lá . 

Para chegar ao veículo, Gabriel caminhou durante quatro dias em uma área não habitada por humanos, mas por ursos e aussies. Diante das condições climáticas do local, o aventureiro precisou cruzar um rio congelado e logo após, lá estava ele: o ônibus mágico! 

 


(Gabriel Dias faz releitura da foto original de Christopher McCandless junto ao Magic Bus)

 

Mas como nem tudo é um "mar de rosas", o desfecho da aventura de Gabriel foi semelhante à de Alex Supertramp (codinome adotado por McCandless durante sua jornada), com um final feliz. Devido ao descongelamento do rio, o viajante não conseguiu seguir o caminho de volta e teve que pedir ajuda por meio de um GPS via satélite. Gabriel foi resgatado pelo helicóptero do Departamento de Segurança Pública do Alasca. O jovem foi notícia em jornais de vários países e foi parar até no Fantástico, aqui no Brasil. 

Após o ocorrido, o viajante foi alvo de críticas, mas também elogiado por seus seguidores nas redes sociais. Atualmente Gabriel continua no Alasca e ainda não tem planos de novas viagens. Pare ele, essa foi uma experiência incrível: "as pessoas falam que ninguém consegue fazer isso. Bom, eu estou fazendo coisas que as pessoas falavam que ninguém conseguiria fazer", conclui.

 


 

Conheça o filme Na Natureza Selvagem - Into the Wild


Baseado no livro escrito pelo jornalista Jon Krakauer, lançado em 1996, o filme "Na Natureza Selvagem" - "Into the Wild" retrata a história de vida real do americano Christopher McCandless ou “Alexander Supertramp. O jovem de classe média e de família tradicional se formou na universidade de Emory, localizada na região metropolitana de Atlanta, Georgia, Estados Unidos. Considerado um dos melhores estudantes e atletas na época, McCandless abriu mão da carreira para viver em busca da sua "grande aventura rumo ao Alasca". 

Christopher livrou-se dos seus pertences, do carro e de todo o dinheiro de sua poupança. Seguiu viagem pela costa oeste americana. Durante sua jornada, o jovem conheceu pessoas que mudaram sua vida, assim como sua presença também modificou as delas. Até chegar ao maior e menos povoado estado dos EUA, o Alasca!

 

 

 

Após meses de caminhada, perrengues e muita aventura, Alexander Supertramp chegou ao famoso Magic Bus (ônibus mágico). Por lá, muitas provações e dificuldades marcaram sua jornada, que terminou ali mesmo.

Se você chegou até aqui é porque se identificou de alguma forma com a história de McCandless, por isso, não darei spoiler do final do filme. Sugiro que você o assista o quanto antes! O Into the Wild ou Na Natureza Selvagem está disponível em algumas plataforma de streaming. Se preferir assistir no 0800, clica aqui, pois a página Cine Nostalgia: Filmes & Series Clássicas & Atuais disponibilizou o conteúdo na íntegra. 

 

Onde está o Magic Bus 142? 


Se um dos seus sonhos de viagem era visitar o tão famoso "Magic Bus" no Alasca, sinto informar que este desejo terá uma pequena alteração. Em junho de 2020, o ônibus que por anos atraiu turistas que queriam recriar as aventuras do jovem americano Christopher McCandless foi retirado do local pela Guarda Nacional Americana. 

De acordo com as autoridades o motivo da remoção do veículo foi por uma questão de “segurança pública”, uma vez que todo ano, centenas de turistas se aventuravam a chegar até ônibus. Contudo, algumas dessas tentativas foram ocasionadas por acidentes. 

O ônibus foi levado para um galpão ainda sem destino definido. Existem especulações de o que veículo será colocado em outro ponto de fácil acesso para que continue sendo visitado de forma segura. Autoridades locais classificaram a remoção como “um grande alívio”.

 



 

 

Atualização sobre o paradeiro do Magic Bus 142


O perfil @intothewildofficiall no instagram divulgou recentemente o novo endereço do ônibus mágico:


"Como muitos de vocês sabem, no início deste ano, o Magic Bus 142 foi levado de helicóptero para um local não determinado, pois ao longo dos anos muitos precisaram ser resgatados e até algumas pessoas morreram tentando caminhar até o ônibus.

Por um tempo, muitos de nós nos sentimos perturbados ao saber que este ônibus fora retirado. Podemos ter certeza de que agora o local de descanso final dos ônibus será no Museu do Norte da Universidade do Alasca em Fairbanks, Alasca.

Atualmente, o museu está recebendo doações para preservação e exibição do ônibus 142. Espera-se que o ônibus seja reformado e trabalhado nos próximos 2 anos.

Atualmente, o museu está aceitando apenas doações dos Estados Unidos. No entanto, se você quiser se manter atualizado e seguir o ônibus, siga o perfil @friendsofbus142 para e acompanhe as novidades!"

Clique aqui para conferir a postagem original! 

 

 

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade