Entrar
Clique aqui para entrar

Nós fomos: Degustação Dirigida de Queijos e Cervejas Artesanais - Zine Cultural

Blog

Nós fomos: Degustação Dirigida de Queijos e Cervejas Artesanais

Por: Anderson Ferreira

O Expominas de Juiz de Fora é palco do maior evento de laticínios da América Latina, o Minas Láctea, que conta com extensa programação de cursos, palestras e exposição de produtos lácteos e industriais. Na última quarta-feira (19), a FIEMG, em parceria com a CIEMG ofereceu à imprensa, formadores de opinião e representantes de sindicatos, uma Degustação Dirigida de Queijos e Cervejas Artesanais.


O Zine Cultural esteve presente na noite de harmonização, eu (Anderson Ferreira) e Danilo Martins, conferimos tudo o que rolou no evento. A apresentação dos produtos ficou por conta dos jornalistas gastronômicos Fabiana Arreguy e Eduardo Tristão Girão, que destacaram nossa cidade como o principal polo cervejeiro de Minas Gerais. Ao todo, foram seis combinações de produtos fabricados em Juiz de Fora e região, vamos conferir como foi?
 

 

1) O Laticínios Vitória apresentou o Queijo Tipo Gouda, com textura amarelada, macia, sabor suave e levemente adocicado. A primeira harmonização ficou por conta da Cervejaria Rota 040. A cerveja Vienna é inspirada no estilo germânico, tem sabor caramelado e amargor médio. Bela combinação para iniciar a noite.

2) Fabricado pelo Laticínios Cruzília, o quejo "A Lenda" é produzido com massa cozida prensada, sendo maturado por quatro meses. Textura levemente úmida, paladar suave, doce e picante. Para acompanhar, a Weiss um pouquinho amarga, da Cervejaria Prussia.

3) Chegou a hora do famoso Queijo do Reino, fabricado pela Basel Lacteos, na região de Santos Dumont (MG). Sua textura é compacta, paladar com ligeira picância. A Brown Ale, do Mr. Tugas, deixou um leve dulçor no paladar.

4) Maturado por dez meses e com característica picante, o Parmesão do Laticínios Sabor da Serra combinou muito bem com a Stout do São Bartolomeu. No paladar, notas frutadas com aromas de chocolate e café.

5) Produzido pelo Laticínios São Vicente, foi a vez do Brie Duplo, queijo que conta com a adição de creme de leite. O mofo branco na casca torna seu gosto mais complexo. Com o teor alcoólico de 8% e produzida pela Cervejaria Krug, a "Inocência" ficou responsável pelo corte da gordura do queijo.

6) Quem finalizou, foi novamente o Laticínios Cruzília, com o autêntico gorgonzola enformado a mão. A combinação foi feita com "Estrada Real Ipa" da Cervejaria Falk Beer. O aroma ficou perfeito com os sabores dos fungos do queijo.
 

 

Depois disso tudo, é hora de agradecer o convite feito pela FIEMG! A noite foi agradável e de grande aprendizado. Danilo Martins também curtiu a degustação: "Evento muito bem organizado, valorizando a indústria regional e, que proporcionou aos presentes, a possibilidade de conhecer um pouco mais dos produtos expostos na feira".

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade