Entrar
Clique aqui para entrar

Zine nas Olimpíadas 2016 - Zine Cultural

Blog

Zine nas Olimpíadas 2016

Por: Natália Andrade e Tainá Voltas

Faltam 3 dias para darmos adeus ao maior evento esportivo do mundo, dessa vez realizado em terras cariocas. Sim, a Olimpíada do Rio de Janeiro chega ao fim no domingo, 21 de agosto, em mais uma cerimônia especial no Estádio do Maracanã. Foram dias de empolgação, torcidas, dedos em figa e também, dias de bate-volta, idas e vindas de juiz-foranos à terra do biscoito Globo e do mate gelado na praia. Batemos um papo com quem curtiu o evento de perto e registrou cada passo dessa história. Vem ver!


Gustavo Godinho é estudante de Jornalismo na UFJF e participou dos Jogos como voluntário! Em entrevista para o Zine, ele contou como foi vivenciar cada momento.  

"Foi uma experiência única poder fazer parte do maior evento esportivo do mundo. Um lugar onde pude aprender muitas coisas que são capazes de transformar uma pessoa em sua vida pessoal e profissional. Fiz amizade com uma menina da Índia e sua história é de mexer com o coração mais duro, ela trabalha nas fronteiras de países que estão em guerras, cuidando de crianças que precisam de ajuda. Também teve um dia que o vento chegou aos 70 km/h, destruindo parte do TNT verde que cobria o entorno do interior da quadra. Tivemos alguns minutos para colocar o TNT de volta no lugar e conseguimos. Muitas pessoas nem sabem que fizemos aquilo, mas sem nós, não teria acontecido o jogo. Me senti parte da Rio 2016 de uma maneira especial".


Gustavo Godinho nos Jogos Rio 2016

Quem também marcou presença, mas dessa vez para assistir, torcer e visitar o Parque Olímpico, foi o estudante de Ed. Física Henrique Villar. Ele e o grupo de amigos embarcaram para o Rio de Janeiro e aproveitaram tanto, que até voltarão para ver as finais nesse fim de semana. 

"Desde que eu soube dos Jogos, eu e meus amigos começamos a correr atrás para participar do que conseguíssemos. É o maior evento esportivo do mundo! Um momento muito marcante para mim, foi quando vi uma galera balançando de longe uma bandeira vermelha e preta. Eu e alguns flamenguistas, conhecidos e desconhecidos, começamos a cantar músicas do time e os torcedores, que na verdade eram angolanos, entraram no clima, tentando cantar junto. Essa interação, foi muito marcante!"


Henrique Villar com casaco do Flamengo à direita na foto

Super fã do grande nadador Michael Phelps, o juiz-forano Peter Vianna aproveitou a Olímpiada para acompanhar o atleta de perto em diferentes dias. E além das provas de natação, também marcou presença em jogos do vôlei e disputas do hipismo.

"Minha experiência nas olimpíadas foi extraordinária. Vi grandes provas, pude ver um colega de treino dos EUA ser campeão olímpico. Mas assistir Michael Phelps foi o ponto alto dos jogos! Simplesmente o maior de todos os tempos, ÍDOLO. Nossos atletas deram o máximo e a torcida e os voluntários foram um destaque a parte. Temos que ter muito orgulho de nosso país e desse evento que mostrou para o mundo nossas qualidades e alegria!"


Peter Vianna com a esposa Thais Ribeiro em prova da natação
Deu pra ver que os juiz-foranos aproveitaram a oportunidade de uma Olimpíada pertinho de casa, né? Se você também esteve por lá e tem alguma história bacana pra contar, manda pra gente!

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade