Zine Cultural - 11 Anos

Publicidade

MANSÃO
EMBARQUE NESTE CARROSSEL
PROMOÇÕES

10 Fev 2012

Zine Entrevista: Autoramas

Publicado em Zine Entrevista as 13h54





A Banda Autoramas está completando 15 anos de carreira. O show do trio foi eleito um dos melhores espetáculos do ano pela revista BRAVO! e o novo álbum,"Música Crocante", está entre os melhores de 2011, pela Revista Rolling Stone.
No sábado (11/02), eles vem à Juiz de Fora para apresentar sua mistura jovem guarda, new wave e surf music em uma apresentação única, no Café Muzik.
Confira o bate-papo com o Gabriel Thomaz, vocalista e guitarrista:
 


 O Música Crocante tem uma participação ilustre, a do Jô Soares. Contem pra gente como surgiu essa parceria. Ele também é um fã do Autoramas?
Gabriel: O Jô é um ícone do Bongô. Não tem coisa mais chique do que ter, nos créditos do nosso disco, o nome dele como tocador de bongô.


No título do novo CD, vocês fizeram uma brincadeira. Uma sinestesia, talvez? Mas, afinal de contas, o que é uma "música crocante"?
Gabriel: É uma música fresquinha, estalando de nova. É o título que encontramos pra exaltar a originalidade do Autoramas.


 


O novo álbum contou com a ajuda dos fãs de vocês na Internet. Queria saber como rolou essa história e o que vocês acham desses projetos que pretendiam inibir o compartilhamento das músicas na rede (SOPA e PIPA).
Gabriel: Nós tivemos a proposta de fazer uma mobilização nesse esquema de crowdfunding, no site do Embolacha, aqui no Rio. Perguntamos: "por que não?". Fizemos e deu muito certo. A galera compareceu, como sempre. Quanto ao SOPA e PIPA, confesso que estávamos fazendo tanta coisa nesse período, que não tive tempo de me aprofundar. Mas acho que gravando uma fita K7, fazendo um download ou pegando um CD emprestado, quem quer, consegue chegar à qualquer música. E não torço por um carinha que fica milionário usando a obra alheia. Nessa história toda, o único que não é vilão é o artista e o público.


Não é a primeira vez que vocês pintam por aqui. Qual é a lembrança do público de Juiz de Fora?
Gabriel: Nossa, deve ser a vigésima vez que vamos à Juiz de Fora. Cada vez foi diferente. Mas faz tempo que não vamos, estamos com saudade.


E de lá pra cá, o que mudou no som do Autoramas?
Gabriel: Em termos de estilo, acho que nada. Sempre fico muito orgulhoso quando dizem que temos um estilo próprio, acho isso muito legal. Mas, a cada dia, acham que estamos cantando e tocando melhor.
 

Publicado por: Thaiana Garcia @thaianagarcia


 
 


1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | Próximo

Publicidade

FUNKNEJO

Twitter

Publicidade

All You Need Is Love
ARENA
CES
Open TV
VISTA GRAF
VISTA GRAF
Powerline

Coluna do Dia - 21/10/2014

21 de outubro de 2014
+ ver todas as edições
    @ZineCultural