Zine Cultural - 16 Anos

Publicidade

Arcanjo Miguel
PROMOÇÕES

04 Fev 2016

7 fatos sobre o É o Tchan

Publicado em Blog as 17h38





O grupo É o Tchan! fez o maior sucesso e até hoje é referência para muita gente que acompanhou os anos de ouro do grupo. As músicas passaram de pai para filho e não havia uma família que não era fã dessa galera. Aproveitando que as suas músicas de axé/pagode têm tudo a ver com Carnaval, o Rocket Pub resolveu fazer uma Lovepop em homenagem ao grupo! E nós, aproveitamos para relembrar as 7 coisas que todo mundo já fez quando o É o Tchan estava no auge (nem adianta negar)!
1) Fazia apresentações para a família.
Bastava uma reunião em família, podia ser Natal, aniversário da tia ou férias na praia, que todo mundo já se organizava e coloca as primas e os primos para apresentarem alguma música do É o Tchan! Se tinha uma prima era morena e a outra loira então, aí a festa estava feita. Todos os familiares passavam a vê-las como a próxima dupla a entrar na banda e o primo o próximo Jacaré! E claro, sempre que chegavam, era aquele tal de "luuuuz na passarela que lá vem elas!"
2) Cantava as letras mesmo que só hoje saiba o que elas realmente queria dizer.
O grupo é famoso por suas letras eróticas e com duplo sentido e mesmo assim ninguém tinha problema em sair cantarolando por aí. Mesmo porque ninguém entendia mesmo o que era, só acha muito legal. Afinal, o que pau que nasce torto, vai descedo na boquinha da garrafa, no põe põe põe me fazendo enlouquecer, teriam de mal? 
 
3) Brincava de passar debaixo da cordinha cantando a música.
Uma das músicas mais famosas do grupo se tornou o hino oficial de uma brincadeira igualmente conhecida. Quem gostava de se divertir passando debaixo de uma corda sem encostar na mesma, depois do hit já começava a brincar e cantar, tudo junto! Passa negão, passa loirinha, quero ver você passar por debaixo da cordinha.

4) Amarrava e segurava o Tchan.
O segura o Tchan e amarra o Tchan virou até gíria. Durante a vida era bem comum ouvir de alguém segura o Tchan que vai dar tudo certo! Quem nunca?


É na pegada do bambo do bambo bambo do bambo do bambolê!

5) Acompanhava fielmente todas as seleções para morenas e loiras do Tchan.
Ninguém perdia um episódio das seleções que contava com diversas provas e candidatas para substituir as antigas loiras ou morenas do Tchan. Quem não virou fã de Sheila Mello ou da Sheila Carvalho durante os programas? 

6) Tinha todos os discos.
Ao todo o grupo já lançou mais de dez discos durante a carreira, com as capas mais ousadas para a época. Quem não tinha todos ou pelo menos uma edição dos sucessos do É o Tchan era raridade.
 
7) Aguardava para ver aonde o É o Tchan estaria no próximo CD.
Depois do É o Tchan no Brasil e o É o Tchan no Egito, dois discos seguidos de muito sucesso, a expectativa para saber aonde era o próximo destino da banda se tornou um grande passatempo. Foi então que eles lançaram o É o Tchan na Selva, mas infelizmente foi o último disco desse pacote do É o Tchan em algum lugar. O que importa é que o legado mistura do Brasil com Egito ficou pra sempre!

Se você viveu nessa época e se identificou com algum desses 7 pontos, conta pra gente! E pra finalizar dá o play, chama os primos que faziam as apresentações e relembre momentos áureos! :p

Publicado por: Tainá Voltas


 
 



02 Fev 2016

Em busca do Oscar

Publicado em Blog as 14h21





Muito se fala da atuação de Leonardo Di Caprio em seu novo trabalho e que este seria mais uma tentativa do ator em ganhar a estatueta do Oscar. Se você estava curioso para saber  a história do "O Regresso" e se de fato, Di Caprio incorpora o personagem, vai poder conferir tudo a partir desta semana, já que ele estreia oficialmente na quinta-feira. 
 

Sinopse:
1822. Hugh Glass (Leonardo DiCaprio) parte para o oeste americano disposto a ganhar dinheiro caçando. Atacado por um urso, fica seriamente ferido e é abandonado à própria sorte pelo parceiro John Fitzgerald (Tom Hardy), que ainda rouba seus pertences. Entretanto, mesmo com toda adversidade, Glass consegue sobreviver e inicia uma árdua jornada em busca de vingança.
 
Trailer: 

O filme é dirigido por Alejandro González Iñárritu, e além de Leonardo Di Caprio, conta com elenco poderoso formado, principalmente, por Tom Hardy e Domhnall Gleeson. Para saber, acesse o site oficial: http://www.foxfilm.com.br/o-regresso.

Também esta semana estreia o filme "A Grande Aposta", vale a pena separar seus convites!

Publicado por: Tainá Voltas


 
 



02 Fev 2016

5 coreografias para o Carna 2016

Publicado em Blog as 01h44





Menos de uma semana para o Carnaval e já tem gente de malas prontas, abadás customizados e canecas em punho. Também não é pra menos, já que é nesse período que a galera se reúne pela segunda vez no ano -antes tem a virada- e segue rumo a alguma cidade histórica, ou de interior, ou algum sítio mesmo. O importante é que todo mundo vai com um objetivo: fazer dos quatro dias de folia, os melhores do ano.

Se você é um desses que já está com tudo pronto e mais um pouco, falta acrescentar um item no checklist de coisas que não se pode esquecer nessa viagem! Claro que são as coreografias das músicas que mais bombaram até agora, para você arrasar nos blocos, na rua, com os amigos, sozinho, no palco, no Baile de Favela, aonde você preferir! O negócio, é aprender um pouco de cada, e ainda dar uma de professor e ensinar a galera que, com certeza, vai fazer uma rodinha a sua volta! Então, coloca a roupa mais confortável e fique atento pra aprender tudo direitinho! 


Tá tranquilo, tá favorável!

1) BANG
Não é novidade que a música é um sucesso e que quem sabe a coreografia irá lacrar em qualquer ocasião. Por isso, escolhemos a companhia do Daniel Saboya pra te fazer chegar preparado e dar um tiro certo em quem você quiser! Bang!


2) DEVAGARINHO
Se você acha que a versão axé da música do MC Delano é coisa nova, saiba que ela é old, but gold! Sim, em Porto Seguro, o quiosque Axé Moi já dança a coreografia nos palcos desde junho do ano passado. Então está mais do que na hora de você aprender essa, não é?


3) SORRY
Fugindo um pouco do ritmo axé e funk, a coreografia de Sorry é um babado só! Essa dá pra fazer em grupo, aproveitando aquela casa que foi alugada para 18 pessoas, mas que na realidade abrigava confortavelmente apenas 5. Porém, é Carnaval gente, o que importa é a diversão, e com essa música isso não vai faltar! 


4) NOVINHA VAI NO CHÃO
O grande rei de 2015 tinha que deixar sua marca registrada aqui também. Afinal, ir para os blocos e não saber dançar nenhuma música do Safadão é quase inaceitável. Ele está em todos os lugares e se você ainda não tinha aceitado o "Vai Safadão" na sua vida, não tem escapatória. Se a Luxúria  e a Muriçoca tocavam 24h por dia ano passado, imagine o que este mito está prestes a fazer. Por isso, é melhor arregaçar as mangas e aprender os passinhos. 


5) METRALHADORA
E claro, o solo do poder, o violino mais eclético desse Brasil, não poderia estar de fora dessa lista. É capaz de você sair na rua e todo barulho que ouvir, já achar que é um TRA e começar a dançar! Sim, essa música que veio despretenciosamente como o HIT do Carnaval, cumpriu sua professia: deixou uma grande maioria viciada.  Prepare sua roupa camuflada, as tintas para o rosto e chame todos os que comandam, porque essa com certeza vai ser uma das mais tocadas em 2016! 


Agora que você já aprendeu um pouquinho de cada coreografia é a hora de botar em prática. Sinta-se mais do que convidado a gravar um vídeo durante o Carnaval fazendo alguma delas e enviar pra gente! A gente promete fazer um também se chegarmos a receber :p Os dados estão lançados, hein?! 


Retirando do Quando Eu Me Sinto Quando

Publicado por: Tainá Voltas


 
 



01 Fev 2016

Esporte de verão: Muay Thai

Publicado em Blog as 17h22





Quem gosta de atividade física em conjunto, com certeza irá adorar o Muay Thai. O esporte reconhecido por sua capacidade de fazer todo o corpo trabalhar, é uma das pedidas mais frequentes do verão! Isso, porque trabalha os membros inferiores e superiores, ao abusar dos chutes, socos, deslocamentos e, durante os treinos, vários circuitos. Quem quer perder peso, ou melhorar agilidade e condicionamento físico, pode apostar no Muay e quem sabe, depois das aulas, se sentir até o próximo Rocky! Ou, a Menina de ouro! 

A nossa zinete Letycia Cardoso pratica o esporte há dois anos e meio e é totalmente apaixonada. O que antes servia como estimulo para perder alguns quilinhos extras, hoje, se tornou lazer e preocupação com bem-estar e segurança: "Hoje, eu pratico porque me sinto mais segura. É uma forma de defesa pessoal e me sinto segura sabendo golpear e que se me atacarem de tal forma, eu saberei como agir. Faço pela saúde, pela forma e pela defesa pessoal".


Letycia Cardoso linda e lutadora

Assim como em outras atividades coletivas, nessa que estamos falando, o desenvolvimento do grupo -e não só o individual- é muito bem trabalhado. A cada graduação (semelhantes àquelas da Capoeira), o envolvimento dos atletas é visível e a torcida de um pelo outro também. Não tem restrição de gênero, nem contra-indicação. Se você quer ter resistência, força, raciocínio rápido, esquiva, conquistar amigos e muitas outras competências, vale a pena investir! Aproveita que no verão tudo fica mais leve e alegre e bora marcar uma aulinha! ;) 

Publicado por: Tainá Voltas


 
 



27 Jan 2016

5 festas que fazem a maior falta

Publicado em Blog as 17h53





Nesta semana, comemora-se o Dia Nacional da Saudade, aquele sentimento que vem depois de alguma coisa que valeu muito a pena!


Geralmente a gente fica assim quando sente sdds.

Para celebrarmos esse momento, resolvemos selecionar as cinco festas que mais fazem falta e há algum tempo deixaram Juiz de Fora em direção ao limbo dos eventos que não existem -mais-, mas que consideravamos pacas. Afinal, se você não foi a nenhum deles, pode confessar que sempre quis ir e quando completou a idade permitida: tcharam, acabou! P-O-R Q-U-E, Deus? Por isso, vamos apreciar essa matéria nostálgica.


Cadê as festas?

1) Chumed

Era uma das maiores festas universitárias da região. Tinha o estilo de uma chopada, com bebida liberada -claro-, muito axé e o abadá de praxe! O preço era bem em conta, variando de 25 a 55 reais entre pista e camarote e tinha até comunidade no orkut "Eu vou/fui no Chumed". A festa em comemoração a décima edição trouxe bastante gente conhecida, como Banda A Zorra, nossos queridos do Só Parênt e Renan & Christiano. Era a balada esperada pelos estudantes durante o ano todo.

2) Parlatorium/Parlamix

Quem não se lembra do Parlatorium, no prédio ao lado daquele dos cavalinhos do Calçadão? Todo domingo a casa abria uma matinê para os adolescentes. Já imaginaram como a Rio Branco ficava cheia por causa disso, não é? Lá dentro rolava música de diversos tipos e uma vibe bem boate. Todo mundo adorava, porque não precisava ser maior de 18 anos para entrar, era a salvação do ensino médio! Logo depois da festa, a galeria corria para o flogão e já colocava os cliques acompanhados das melhores legendas: Eo i EsSa G@LeR4aA DeMaiXxXXxxx! (Aposto que ainda tem flogão ativo aí, hein?)

3) Festa Estranha com Gente Esquisita

Essa nem faz tanto tempo assim que nos deixou, mas dá saudade! Pelo nome já dava pra ver que era um evento que tinha uma proposta de levar a turma para um momento divertido e bem diferente do cotidiano de baladas. Por isso, a fantasia era pré-requisito e claro, a melhor delas, sempre ganhava aquele destaque. Quem foi, sabe que nenhum outro nome conseguiria descrever tão bem como a noite acontecia, que aliás era pra lá de boa.

4) Administrando a Boca Direitinho

Outra chopada que foi dessa para uma melhor, era resultado da união de integrantes dos cursos de Administração, Odontologia e Direito e fazia o maior sucesso. Assim como a Chumed, era bem aguardada e sempre bombava. Rolava até de manhãzinha com boas atrações da época, open bar, open abadá, open romance e open animação! A cidade se encontrava nesse evento e depois sempre tinha uma repercussão nos corredores das Faculdades.

5) JF Folia 

Criada em 2002, a micareta foi um grande sucesso da cidade e acontecia geralmente no mês de outubro, no Estádio Municipal da cidade. Era axé, abadá e gente de tudo quanto é lado, até os cariocas se aventuravam por essas bandas. Foi em uma das edições do JF Folia que, o até então, desconhecido Michel Teló agitou a galera com o hit Ei, psiu, beijo me liga! Em cima do trio as atrações faziam a festa da galera, lá embaixo, na pista, ah só quem foi sabe!

Deu pra recordar bons momentos, né? Se você sentir falta de alguma balada ou festa em especial, conta pra gente nos comentários, quem sabe você até não reencontra aquele affair de anos atrás? ;)

Feliz semana da saudade, baladeiros <3

 

 

 

 

Publicado por: Tainá Voltas


 
 



Anterior | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | Próximo

Publicidade

GERMAN

Twitter

Publicidade

André Pavam
VISTA GRAF
ONLINE TV Mídia Interna e Externa
Powerline

Coluna do Dia - 13/02/2016

13 de fevereiro de 2016
+ ver todas as edições
Só o Vianna Tem
Food 4 Fit


    @ZineCultural