Entrar
Clique aqui para entrar

Gambiarra - Zine Cultural

Blog

Gambiarra

Por:

Por Pádua Teixeira (BH)*

“Gambiarra” é o título do espetáculo que a companhia Os Profiçççionais trouxe para o 8º Festival Nacional de Teatro de Juiz de Fora. Geralmente, nas apresentações de palhaços, a classificação do espetáculo é livre. Mas, neste caso, é recomendado a partir de 16 anos. O palhaço é extravagante, absurdo, mentiroso, surpreendente, provocador. Representa a liberdade e a anarquia, o mundo infantil. Embora vinculado aos circos, o palhaço pode atuar também em espetáculos abertos, em teatro, em programas de televisão. A meu ver, é o caso de “Gambiarra”, que usou uma linguagem televisiva, muito comum nas comédias atuais. Mas a proposta era trazer de volta o antigo circo-teatro. Em 60 minutos de apresentação, assistimos drama, comédia, comédia, drama. A companhia classificou o espetáculo de tragicomédia. O palhaço é lírico, inocente, ingênuo, angelical e frágil. O palhaço não interpreta, ele simplesmente é. Ele não é personagem, ele é o próprio ator expondo seu ridículo, mostrando sua ingenuidade.

Para tanto, cada ator desenvolve esse estado pessoal, de palhaço, com características particulares e individuais. Na apresentação da peça, assistimos aos dois casos. Os atores representam e, em alguns momentos, simplesmente são palhaços. O grupo Os Profiçççionais conseguiu atingir seus objetivos, pois a plateia deu boas risadas e a presença de uma única criança avalizou o espetáculo com ótimas gargalhadas.

Fotos por David Azevedo

O espetáculo foi apresentado no dia 6 de setembro | 15h | Diversão & Arte.

*Pádua Teixeira (BH) é diretor e produtor teatral.
Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade