Entrar
Clique aqui para entrar

Orgulho Gay - Qual é a forma correta de de se referi? - Zine Cultural

Blog

Dia Nacional do Orgulho Gay - Qual é a forma correta de se referir a essa comunidade?

Por: Karina Gomes

25 de março: Dia Nacional do Orgulho Gay! Nesta data, decidimos tratar de um assunto que gera muitas dúvidas: a nomenclatura correta para essa comunidade. No início, era GLS. O termo sofreu transformações ao longo do tempo para enquadrar uma parcela maior de pessoas. Aprenda a forma certa de se referir a ela!
 

 



Segundo o Anderson Ferrari, professor da faculdade de educação da UFJF e especialista em relações de gênero e sexualidade, o termo oficial a ser usado atualmente é LGBTTI. A sigla engloba lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, travestis e intersexuais. Agora que você já sabe a forma correta de nomenclatura, confira também alguns esclarecimentos que te ajudarão a se referir à comunidade LGBTTI da melhor maneira:
 

 


 

 

  • Travestis e transexuais não necessariamente são homossexuais. Isso porque, na explicação do professor, nossa sexualidade se dá pela identidade de gênero, que é como você se identifica sexualmente, e não pelo sexo biológico, que é o que você nasceu com ele;
     
  • Se a pessoa nasceu homem, se identifica com esse gênero e se atrai por mulheres, é heterossexual. Do contrário, se nasceu homem, se identifica com esse gênero e sente atração por homens, é homossexual.
     
  • Neste raciocínio, uma travesti que nasceu homem, se identifica como mulher e se envolve afetivo/sexualmente com homens é considerada heterossexual. Isso porque a identificação dela é com o gênero feminino. Contudo, se a travesti, que nasceu homem e tem a identidade de gênero feminina e tem atração por mulheres, ela é homossexual. 
     
  • Intersexuais são as pessoas que antigamente eram denominadas "hermafroditas". Como isso não existe na espécie humana, este novo termo agora é usado para se referir às pessoas que nascem com os dois sexos. 
     


Imagem retirada da internet

 

  • Diferente das transexuais, as travestis não se incomodam com a genitália do sexo de nascença, apenas investem em procedimentos para terem um corpo feminino
     
  • As transexuais se vêem com uma identidade de gênero diferente do sexo de nascença e se incomodam com a genitália, recorrendo muitas vezes à cirurgia. 

 

Existem muitos outros pontos sobre esse assunto a serem debatidos, e o nosso espaço está aberto para discussões e explicações sobre o tema! Enquanto isso, que tal relembrar o Miss Brasil Gay em Juiz de Fora, edição de 2017? Confira abaixo:

 


TV Zine sobre a edição de 2017


Veja mais:

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade