Entrar
Clique aqui para entrar

6 coisas para fazer em Ibitipoca além do Parque - Zine Cultural

Blog

6 coisas para fazer em Ibitipoca além de visitar o Parque Estadual

Por: Tainá Voltas e Rívia Petermann

É inegável que o Parque Estadual de Ibitipoca é um dos roteiros preferidos de quem visita a região, e, sem dúvida, parada obrigatória. No entanto, essa não é a única atração da vila, que conta com inúmeros passeios imperdíveis. Então, se você fica meio sem saber o que fazer por lá, se liga nessas dicas: 6 coisas para fazer em Ibitipoca além de visitar o Parque Estadual!

 


Foto: Viajadora.com

 

1 - Ir ao Bar do Firma (Candeia Blues Bar)


O Candeia Blues Bar -nome original-, ou Bar do Firma como é conhecido por causa do nome de seu antigo dono, o Firma, já é tradicional tanto na cidade quanto entre os turistas de plantão! Um de seus grandes destaques é a decoração, que pode ser definida como "um amontoado de coisas", que, no final, acabou dando ao bar um ar bem autêntico e diferentão. Outra característica que faz o local ser bem famoso, é o sistema de roldanas, que fazem as tradicionais cachaças artesanais descerem do teto até a mesa dos clientes! A comida é preparada no fogão a lenha, com pratos típicos da culinária mineira. O bar fica a 4km de distância de Conceição de Ibitipoca, no Caminho da Rancharia, em uma rua de terra à esquerda da entrada da vila - qualquer pessoa por lá sabe indicar onde fica. 

 


Bar do Firma (Imagens retiradas da internet)

 

2 - Assistir ao Pôr do Sol de Jeep nas montanhas


Assistir ao pôr do sol é uma atividade que pode ser feita de qualquer lugar, correto?! De certa forma, sim. No entanto, o pôr do sol nas montanhas de Ibitipoca é um atrativo à parte - imagina dar uma volta de jeep pelas serras e passar por cenários incríveis?!

 

 

A Sauá Turismo oferece dois pacotes:
 

Pôr do Sol Serra da Água Santa: 

  • Passa pela Vila dos Moreiras e pela Serra da Água (com mais de 1450 metros de altitude e vista panorâmica de 360° da região dos campos e da Zona da Mata Mineira). Também visita o Muro dos Escravos e a Gruta da Água Santa, para uma contemplação do pôr do sol nos horizontes das montanhas.
     
  • Duração: aproximadamente 3h. Não exige preparo físico.
     
  • Valores: R$ 90,00 minimo de 4 pessoas (ou tarifa mínima de 350,00).
  • Serviço incluso: Deslocamento de jeep de Ibitipoca à Serra da Água Santa, com retorno a Ibitipoca, serviço de guia e entrada do atrativo.

 


Pôr do sol em Ibitipoca (Foto: Trip Addicts)

 

Pôr do Sol Serra Da Rancharia:

  • Visita à  Serra da Rancharia, situada na Transição da Zona Da Mata com os Campos das Vertentes, com visão da Serra da Mantiqueira, Serra da Boa Vista, Serra Negra e Parque Estadual de Ibitipoca.
     
  • Duração: aproximadamente 2h. Não exige preparo físico.
     
  • Valores: R$ 50,00 minimo de 4 pessoas (ou tarifa mínima de 170,00)
  • Serviço incluso: Deslocamento de jeep de Ibitipoca à Serra Rancharia, guia e visitação.

 

 

Mais detalhes sobre os roteiros para o Pôr do Sol podem ser encontrados no site da Sauá Turismo, na página do Facebook da Sauá, ou pelos telefones (32) 984043905 e (32) 984439351.

 

OBS:

  • Os valores variam de acordo com o número de pessoas.

 

3 - Passeio de Caiaque 


O passeio de caiaque segue um roteiro que permite navegar pelas águas mansas do Rio Grande, imergir em meio às matas ciliares preservadas e praias naturais de areia. É uma experiência para quem procura dar uma desligada do meio urbano, além de ter contato com pequenas comunidades e moradores da região. Há duas opções de percurso: 5km e 12km, ou expedições de 30 a 58km, que pode ser divididas em 2 ou 3 dias. Ao optar por mais um dia, vale ressaltar que também há a aventura do acampamento selvagem às margens do rio! 

 


Passeio de Caiaque (Foto: Sauá Turismo)

 

A Sauá Turismo oferece pacotes completos:  

  • Incluso no roteiro: Transfer/Jeep  | Serviço de guia e monitor | Refeições (almoço rural) e lanche | Aula de iniciação básica de canoagem | Caiaques profissionais, remos, equipamentos de segurança e seguro de vida.
     
  • Principais atrativos naturais: Vila do Souza, Rio Grande, Cachoeira do Cedro, Reserva do Cedro, Pedra que Equilibra. 
     
  • Valores: 

Tarifário 5 KM
•Diária mínima de R$ 600,00
•2 pessoas R$ 300,00 por pessoa
•3 pessoas R$250 ,00 por pessoa
•A partir de 4 pessoas R$ 200,00 por pessoa


Tarifário 12 KM 
•Tarifa mínima de R$ 700,00
•2 pessoas R$ 350,00 por pessoa
•3 pessoas R$ 300,00 por pessoa
•A partir de 4 pessoas R$ 250,00 por pessoa

 

Mais detalhes sobre o Passeio de Caiaque podem ser encontrados no site da Sauá Turismo, na página do Facebook da Sauá ou pelos telefones (32) 984043905 e (32) 984439351.


OBS:

  • Para iniciantes, é obrigatório passar por uma aula de instrução básica de canoagem antes do início da expedição.  A aula também é oferecida pela Sauá Turismo. 
     
  • Permitido para crianças acima de 12 anos, acompanhadas dos pais ou responsáveis.
     
  • Os valores variam de acordo com o número de pessoas.

 

4 - Visitar a Vila Comercial 


A noite de Ibitipoca, além do céu estrelado, brinda os presentes com diversas atividades culturais na chamada Vila "comercial". Por lá, você encontra lojinhas com os mais variados produtos - de gastronômicos, como queijos e compotas, aos de artigos de decoração e artesanado -, além de restaurantes, mercadinho, locais para lanches rápidos, e espaços renomados da região, como é o caso do IbitiLua. Há um "mini-shopping", Portal da Serra, que reúne várias opções de comida, inclusive a famosa pastelaria de R$ 3, um palco principal de apresentações ao vivo e uma boate "subterrânea" (a La Gruta), que conta com programações pontuais na região. Vale a pena conferir! O passeio indicado neste blog é o noturno, entretanto, no período da manhã e tarde também há movimento. 

 

 

 

5 - Conhecer a Matriz e Igreja do Rosário


No centro do vilarejo existe a Matriz de Nossa Senhora da Conceição construída em estilo colonial em 1768. Possui uma torre de sino curiosamente instalada ao lado de fora do corpo da igreja. Outra opção de visita turística é a Igreja Nossa Senhora do Rosário - que data do início do século 19, erguida pelos escravos. Se você gosta de visitar cidades e reviver um pouco de sua história, esses podem ser os passeios ideais 

 


Matriz de Ibitipoca (Foto: Leo A. | TripAdvisor)

 


Igreja Nossa Senhora do Rosário (Foto: Eduardo P)

 

6 - Comer o tradicional Pão de Canela 


Depois de algumas dicas mais radicais, fechamos esse #BlogZine com uma bem simples: comer o tradicional pão de canela de Ibiti e arredores. Pode parecer meio simplista, mas ele é considerado uma das principais iguarias de Minas! E é super fácil de encontrar, em qualquer esquina - seja nas lojinhas da vila ou nos arredores. Se você não é um fã de canela, também é possível e fácil achar outras opções: banana, calabresa, doce de leite, entre outras. Ah, se você quer levar um souvenir de Ibitipoca para presentear alguém, essa é uma boa dica - que tal um presente com o gostinho de um prato especial da região?!

 


Pão de Canela (Foto: Trip Addicts)

 


 

Agora é só escolher qual o seu próximo roteiro em Ibiti e correr para pegar a estrada!

 

 

Zine Imóveis
// Imóveis em destaque!
Publicidade